aprendizagem Posts

Empatia: uma das mais difíceis e importantes características

Empatia: uma das mais difíceis e importantes características

A correria do nosso cotidiano nos desliga dos sentimentos das outras pessoas. Vivemos as situações com os outros, mas o fazemos no automático.

E também, é difícil, quando estamos muito centrados em nós mesmos, perceber os sentimentos das outras pessoas.

Essa tarefa é bastante prejudicada quando estamos focados na aparência das pessoas e no seu status.

Da mesma maneira como escondemos os nossos sentimentos as outras pessoas fazem o mesmo, tornando difícil um relacionamento transparente, rico e construtivo.

Esteja atento, perceba o que está ocorrendo por detrás da capa superficial das pessoas, respeite as diferenças e conviva bem com as pessoas.

Você ouve ou só espera sua vez de falar? Cuidado!

Você ouve ou só espera sua vez de falar? Cuidado!

Preste atenção nas pessoas e mais ainda naquilo que elas estão dizendo.

Aprendemos com as nossas experiências e aprendemos muito mais com as outras pessoas.

Apesar de termos dois ouvidos e uma boca, corremos sempre o risco de falar mais do que ouvir.

Os outros estão falando, lições valiosas estão sendo repassadas, mas estamos tão concentrados nas nossas idéias que sequer ouvimos o que nos é passado de graça.

Ouça o que o outro está dizendo.

Conhecer as pessoas, conhecer a sua mente, aprender com as experiências alheias é um recurso que não devemos desperdiçar.

Aprendi algo valioso de uma postagem do Dumb Little Man- tips for life (pequeno e estúpido homem- dicas para a vida) sobre aprender a ouvir.

6 pontos a considerar para você aprender com os erros

6 pontos a considerar para você aprender com os erros

Temos que aprender com nossos erros ou estaremos condenados a repeti-los indefinidamente.

Quando estiver errado, admita. Você vai se sentir aliviado.

Quando admitimos que estávamos errados, estamos aprendendo com os erros. Quando insistimos no erro, fechamos as portas para tal aprendizagem.

O receio de admitir o erro pode estar no medo de perder o respeito e admiração, mas é exatamente o contrário.

Observe os outros e aprenda com suas ações e reações

Observe as reações das pessoas quando você se relaciona. Aprenda as lições observando os outros. Perceba como os outros são e se descubra nessa experiência.

Observamos os outros e percebemos neles várias características pessoais que temos e que não temos.

Somos honestos e percebemos isso em nós quando observamos pessoas desonestas.

Pessoas cruéis nos fazem lembrar quanto somos generosos.

O contrário também é verdadeiro.

Se trate com honestidade

Se trate com honestidade

Costumamos dizer que nós somos os nossos piores juízes, pois somos excessivamente duros quando olhamos para os nossos erros, dúvidas e conflitos.

Nos sentimos particularmente diminuídos à menor percepção de que não estamos nos igualando aos outros em alguma característica social ou econômica.

Aprenda com o seu passado e melhore o seu futuro

Aprenda com o seu passado e melhore o seu futuro

Somos todos aprendizes nessa vida, e aquele que aproveita melhor o seu passado, é capaz de construir um futuro melhor.

Por outro lado, aquele que negligencia na escola da vida e vive repetindo os erros do passado, vai se desapontar com a vida que o futuro lhe reserva. Simplesmente não podemos esperar resultados diferentes fazendo tudo da mesma maneira.

O aprendiz olha as coisas que realizou com muito orgulho, a satisfação de corrigir erros infantis, perceber coisas tão elementares, que fazem parte da formação de qualquer profissional. Não se vê no olhar do aprendiz qualquer sinal de desprezo ou culpa pelo que fez quando ainda estava engatinhando na profissão.

Evite olhar o seu passado com o sentimento de culpa ou de autopiedade.

Olhe seus problemas com bons olhos

Olhe seus problemas com bons olhos

Os problemas que enfrentamos na vida, assim como aqueles que nos aplicam nas escolas, são fonte de aprendizagem e de crescimento.

Olhe os problemas com bons olhos, com o olhar de aprendiz.

Os problemas são fontes inesgotáveis de aprendizagem e de exercício da minha capacidade de realização. Ainda bem que tenho problemas suficientes para aprender a ser uma pessoa mais capaz e mais realizada.