Aprendizado Posts

As respostas que recebo

As respostas que recebo

Temos que estar sempre abertos para as respostas que vamos receber.

Às vezes estamos tão fechados em nós mesmos, que não percebemos quando a vida nos dá as respostas de que necessitamos.

Quando estamos abertos para aprender, o professor aparecerá, diz um ditado antigo – isso quer dizer que a mensagem ou a resposta será assimilada e a lição aprendida somente quando estivermos abertos para aprender.

Mas o que é que acontece corriqueiramente?

Deixe o passado em paz

Deixe o passado em paz

Aceite o seu passado, fique em paz com ele, e permita que as lições sejam aprendidas.

O passado é imutável, mas a sua atitude em relação ao ocorrido pode ser repensado. Não sinta vergonha nem arrependimento de nada do passado, isso não vai mudar o passado e não vai melhorar o seu futuro.

Aceite o seu passado e siga em frente.

Não fique pensando que algo poderia não ter ocorrido. Não deseje voltar o tempo e mudar tudo. Não fique brigando com o passado.

O mais viral artigo na Internet

O mais viral artigo na Internet

Luminita Saviuc do blog Purpose Fairy escreveu o mais viral artigo na internet na área do crescimento pessoal, com mais de 1 milhão de compartilhamentos.

O blog de Luminita é incrivelmente acessado e mais de 150 mil pessoas curtiram aquilo que ela escreve no blog. Vale a pena navegar por ele, lendo os artigos e posts, muito relacionado com aquilo que escrevemos no Projetosejafeliz.

O artigo mais viral se refere a 15 coisas que você deve desistir para ser feliz. Aborda os hábitos mais comuns que nos afastam da felicidade. É muito bom ter uma lista para não nos esquecermos das coisas que estamos fazendo errado e que impedem que a felicidade nos encontre com mais frequência.

Dos limões a limonada

Dos limões a limonada

Faça dos limões uma limonada, se habitue a dar a volta por cima.

As pedras no caminho podem juntas, se tornar um muro ou uma morada.

Muitos problemas podem parecer uma tsunami, mas se aproveitados um a um, podem ser um mundo de oportunidades para aprender, para se fortalecer e ser feliz.

A felicidade não está em não ter problemas, mas sim em saber fazer deles uma escada para uma vida melhor e mais feliz.

Primeiro de tudo, é bom termos uma atitude positiva frente ao problema.

Não há mal que dure para sempre, portanto, isso também vai passar.

O que aprendi com a crise

Tire proveito da crise, sempre ouvimos. Mas sabemos que é muito difícil atinar sobre isso no meio da tempestade.

Mas o nosso cérebro e a nossa intuição aprende em qualquer situação. Saiba que enquanto você está apavorado com tudo de ruim que está te acontecendo, alguma coisa está mudando em você.

Um pouco mais adiante, olhando a crise depois que aconteceu, podemos rememorar e nos dar conta das lições que aprendemos.

Posso me sentir grato por alguma coisa?

Sou uma pessoa melhor?

Sou uma pessoa renovada?

A longa jornada de crescimento pessoal.

Podemos achar que vamos acordar uma nova pessoa, renovada, livre de todos os defeitos, mas isso é um trabalho longo, uma jornada que dura o quanto dura a nossa vida.

O crescimento pessoal é uma jornada para a vida toda, na qual depositamos a nossa fé, confiança, dedicação e perseverança. Em suma, temos que fazer a nossa parte, incansavelmente.

Não temos um lugar de chegada, onde vamos parar respirar e descansar. Melhorar a si mesmo é uma luta sem fim. Mas ela é repleta de satisfação e contentamento, pois cada passo que acertamos, melhor nos tornamos e nos encontramos mais capazes para as dificuldades que vem pela frente.

Aproveite o que está fazendo agora, aprendendo as lições e tornando melhor o seu lugar, para si mesmo e para os outros que te cercam.

Realize seus desejos.

Aproveite as oportunidades, realize o que quer realizar e pare de olhar para o seu passado com a lente dos arrependimentos.

Faça e realize o que é possível realizar hoje. Examine as limitações que vem se impondo, desafie cada uma delas e se libere para colocar em prática os seus projetos um pouco esquecidos.

Deixe o arrependimento fora do seu dia de hoje, e não dê chance para que ele não te importune no futuro.

Um pouco de arrependimento é bom para não repetirmos os nossos erros indefinidamente, mas uma dose muito grande sempre vai nos imobilizar.