ajude os outros Posts

Não é feio pedir emprestado

Não é feio pedir emprestado

Temos que pedir ajuda sempre que necessitamos, e não há razão nenhuma para vivermos isolados.

Podemos também pedir emprestado, e não há nada de errado.

Importante – Não estou falando de dinheiro.

Uma pessoa especial

Uma pessoa especial

Seja uma pessoa especial principalmente para aqueles do seu convívio. Não tente agradar a todos.

Não somos perfeitos, mas podemos ser especiais.

Seja especial para as pessoas que te cercam, as pessoas do seu convívio diário.

Não tente agradar a gregos e troianos, pois acaba não ajudando ninguém.

Podemos fazer a diferença para pessoas com quem nos encontramos no cotidiano.

A saúde e a família

A saúde e a família

Cuide da sua saúde e de sua família também.

A família é o nosso primeiro núcleo de relacionamentos, e tudo que fazemos, para o bem e para o mal, acaba repercutindo, contagiando e influenciando aquilo que os outros fazem.

Uma atitude descuidada com a saúde, e chega a hora em que pedágio é cobrado.

Uma velhice saudável é sempre um plus na sua felicidade. É muito difícil ser feliz quando estamos lutando com debilidades e doenças crônicas.

Faça o outro feliz

Faça o outro feliz

Faça o outro feliz. Nos preocupamos tanto com a nossa felicidade que não percebemos que podemos aumentar a nossa felicidade contribuindo para aumentar a felicidade de outras pessoas.

Não perca a chance de fazer outra pessoa feliz. Muitas vezes por muito pouco, perdemos boas chances de fazer feliz outra pessoa. Nos conformamos com essa atitude por egoísmo, displicência, e até por vergonha de pagar um mico.

Afinal para que se dar o trabalho se não vamos ganhar nada com isso?

É aí que nos enganamos. A felicidade de outras pessoas é altamente contagiosa.

O que os outros ganham com isso?

Sempre pensamos o que vamos ganhar com aquilo que estamos por empreender.

Mas quando tratamos da generosidade, temos que pensar o contrário.

O que isso vai ajudar os outros?

Que contribuição estarei dando ao mundo?

Ajude quem está em sofrimento.

Quando alguém te impõe algum sofrimento, olhe para ver se ela não está em sofrimento. Pode ser porque o sofrimento dela mesmo não consiga ser contido e acaba espirrando em você. Quando isso acontece, temos o ímpeto de revidar, de impor a ela mais sofrimento. Pense um pouquinho se o melhor não é ajuda-la. Oferecer alguma forma de apoio para que o sofrimento dela própria possa ser amenizado.

Pense numa situação em que seu ente querido está em sofrimento. Qual o tipo de providência você tomaria para aliviar o seu sofrimento?

Quando a situação for semelhante com alguém que te coloca em sofrimento, faça alguma analogia. Pense um pouco mais na cura e não no sofrimento.

A virtude da generosidade.

O que nos faz generosos? Porque as pessoas doam um pouco dos seus recursos, seu tempo e energia para pessoas que necessitam? E ainda, porque algumas pessoas doam, e outras pessoas, portadores de recursos inesgotáveis não doam nada?

O fato é que a generosidade faz bem tanto para pessoas que recebem quanto para aqueles que doam.

Visto por esse lado, diria que as pessoas generosas são aquelas que gostam de si próprio. Aquelas que praticam essa bondade com os outros sabendo que, simultaneamente, estão sendo bondosos consigo mesmo.