aceite o passado Posts

Em paz com o passado

Em paz com o passado

Aceite o seu passado, e pare de brigar com ele como se ele fosse o culpado por tudo que você vive hoje.

O passado é imutável, mas a sua atitude em relação ao ocorrido pode ser repensado. Não sinta vergonha nem arrependimento de nada do que viveu, isso não vai mudar o passado e não vai melhorar o seu futuro.

Aceite a sua vida em tudo que passou e siga em frente, e não deixe que ele funcione como uma pedra amarrada ao seu calcanhar.

Não fique pensando que algo poderia não ter ocorrido. Não deseje voltar o tempo e mudar tudo. Não fique em conflito constante com o seu passado, pois ele é parte da sua vida, e aceitá-lo e aceitar a si mesmo.

Apagar e escrever.

Escrever a vida também é um ato de apagar algumas coisas. A mesma mão que apaga também escreve, li outro dia.

Devemos ser capazes de passar uma borracha nas coisas negativas do passado, ao mesmo tempo que nos permitimos escrever os momentos alegres do presente.

Nos liberamos da tristeza e dos arrependimentos e nos abrimos para apreciar a vida, em cada momento.

Sem o estresse de imaginar o que vai acontecer lá na frente, ou em toda a jornada, garantimos a serenidade suficiente para enxergar a beleza do que estamos fazendo exatamente agora.

O carinho que não recebi.

Me parece às vezes que alguma coisa ficou faltando, e que não recebi a parcela de carinho que me cabia.

Quando somos criados em uma família grande, é inevitável sentir que fomos o filho renegado, e que o ônus ficou um pouco maior para nós, e o bônus ficou um pouco desequilibrado para o lado dos outros.

Esse sentimento pode se prolongar longe na vida, contaminando as relações no trabalho e também na nova família formada.

Essa carga emocional negativa e desnecessária, nos premia com aquela dor repentina no peito e uma sensação de desamparo sem que nem porque.

Lembranças ruins que quero apagar.

Não preciso apagar as lembranças, só preciso lidar com mais serenidade, deixando que elas parem de me assombrar.

Refletir sobre elas, sem ruminação, racionalizando, criando uma história boa e construtiva, que explique para você mesmo, os acontecimentos.

Um pedaço de papel, uma visão otimista, pode resolver uma porção de coisas mal resolvidas do passado, sublimando dores passadas, encontrando razão e sentido na própria vida.

Assuma os acontecimentos da sua vida.

Dê como certo tudo que se passou.

Não fique negando, como se isso fosse mudar alguma coisa.

Olhe para frente e siga os seus planos. É pouco produtivo ficar lamentando ou desejando um passado diferente.

Aceite o passado e se concentre no presente, nas coisas que tem que fazer hoje.

O futuro é incerto, mas você o está construindo agora, neste exato momento.

O passado já terminou.

O passado já terminou, e temos que deixar ir todas as mágoas e ressentimentos.

Fizemos coisas que nos arrependemos, é inevitável. Sentimos culpa, e até vergonha por coisas que gostaríamos de apagar do nosso passado.

Agora é hora de deixar passar isso tudo. É hora de fazer as pazes com o passado, não deixando que ele nos assombre todo momento.

Uma coisa que temos que ter em mente é que podemos mudar apenas aquilo que estamos fazendo agora, hoje, neste exato momento.