aceite as pessoas Posts

O quanto sou diferente dos outros e ao mesmo tempo muito parecido

O quanto sou diferente dos outros e ao mesmo tempo muito parecido

Gostamos de pensar que somos diferentes dos outros, e às vezes ficamos buscando evidências das diferenças até para justificar diferentes opiniões e ações.

Isso acaba afastando as pessoas, pois devemos buscar afinidades, interesses convergentes e razões para estarmos juntos.

Busque os pontos comuns com os outros.

Somos iguais nas diferenças.

Somos diferentes nas semelhanças.

Mesmo quando buscamos as mesmas coisas, o contentamento em atingir é diferente de pessoa para pessoa.

Felicidade tem um significado diferente para cada um.

Tentar controlar tudo e todos te deixa descontrolado, reflita

Tentar controlar tudo e todos te deixa descontrolado, reflita

Temos uma tendência natural de querer controlar o mundo, e invariavelmente entramos em conflito com outras pessoas. Isso sem contar a decepção nas nossas iniciativas, pois a realidade é muito complexa e a nossa capacidade é realmente limitada.

Quando jovens, lutamos pela possibilidade de controlar a nossa vida e até pelo direito de controlar as nossas coisas.

Sonhamos com o dia em que completamos 18 anos para ter o controle sobre a própria agenda, dirigir, não dar satisfação aos pais.

Já adultos, e com a maturidade, passamos a olhar o mundo com mais aceitação. Deixamos um pouco de lado esse ímpeto de impor a nossa vontade, de controlar tudo que nos cerca.

A vida é boa e temos que aceitá-la por inteiro

A vida é boa e temos que aceitá-la por inteiro

Podemos até reclamar de algumas passagens, mas a vida é boa, e temos que aceitá-la por inteiro.

A vida é um pacote completo.

Coisas boas acontecem, mas coisas não tão boas acontecem também.

Temos dificuldades, mas também encontramos ajuda e iluminação quando mais precisamos.

A aceitação da vida por inteiro é fundamental para a busca da felicidade.

Não deixe a culpa tomar conta

Não deixe a culpa tomar conta

A culpa é um fardo pesado que temos que aprender a aliviar, e podemos fazer isso um pouco de cada vez, e de repente nos sentimos mais leves.

Aprendi que a culpa é sempre um sinal de prepotência.

Quando nos sentimos culpados é porque não conseguimos aceitar que nós, seres perfeitos que somos, poderíamos ter falhado dessa maneira.

Quando culpamos os outros, é porque no fundo pensamos que, se fossemos nós, perfeitos que somos, não teríamos errado – teríamos feito certo, ou perfeito.

Há sempre uma maneira saudável de lidar com pessoas tóxicas

Há sempre uma maneira saudável de lidar com pessoas tóxicas

Não se deixe infectar pela influência malévola de pessoas tóxicas. Aprenda algumas maneiras de lidar com elas, aceitá-las como são, sem deixar, no entanto, que elas estraguem o seu dia.

Pessoas podem querer o seu mal, investir pra cima de você com ofensas e palavras com poder devastador. Mas você não precisa aguentar tudo isso, nem se fazer de capacho.

Temos que desenvolver maneiras saudáveis de lidar com isso, sem partir para o contra-ataque, ou agressões em cadeia.

Severo com outras pessoas

Severo com outras pessoas

Pare de linchar os outros, como se estivéssemos na época da inquisição.

Não atire pedras nas pessoas. Não saia incriminando de primeira, e não ataque a reputação de outras pessoas gratuitamente.

Fulano é cretino.

Cicrano é pilantra.

Nada disso contribui para a sua felicidade, e pior, é uma atitude que atrapalha o crescimento pessoal de qualquer pessoa, principalmente a sua.

Quando exageramos no julgamento que fazemos dos outros, estamos evidenciando aquilo que não aceitamos em nós mesmos, e isso pode ser uma indicação do fio da meada para melhorar a si mesmo.

Expectativas realistas das pessoas

Expectativas realistas das pessoas

Tenha expectativas realistas das pessoas.

Não espere que as pessoas estejam sempre prontas para te servir. Isso só vai aumentar a sua infelicidade.

Esperar o máximo de todo o mundo é uma fonte de permanente desapontamento. Por vezes não cumprimos o que prometemos, e é razoável aceitar isso dos outros também.

Confiar que as pessoas irão mudar não é uma expectativa razoável. Admitir que as pessoas irão tentar e podem não conseguir está mais de acordo com a realidade. Admita que as pessoas podem falhar e ainda assim continuarem sendo amigas confiáveis.