abundância da vida Posts

Exerça o poder de ser feliz

Exerça o poder de ser feliz

Coloque em pratica esse poder de ser feliz. Exerça essa capacidade inata conforme explica Robert Holden no interessante artigo na ABCNews. Esse é o tema do seu livro que aborda o poder que cada um tem dentro de si. Podemos e devemos lançar mão deste poder agora mesmo.

As folhas secas do jatobá

As folhas secas do jatobá

Tenho por hábito fazer uma longa caminhada pela manhã. É a ocasião em que pratico o que aprendi com o monge budista Thich Nhat Hanh, o walking meditation. Isso consiste em utilizar os recursos da meditação simplesmente ao caminhar.

Me concentro na própria caminhada, nas minhas passadas, na minha respiração e em todas as sensações físicas que aparecem enquanto caminho. Inclui o cansaço, a batida forte do coração, o frio da brisa matinal.

Procuro ao máximo separar essa experiência espiritual com aquela contextual. Evito prestar atenção nos carros que trafegam ou mesmo nas pessoas que fazem o mesmo trajeto.

Uma admiração infantil.

Aquela admiração infantil, onde foi parar? Recupere aquele olhar puro de criança, aquele capaz de se admirar com pequenas e sutis maravilhas do cotidiano.

Houve tempo em que você passava um tempão entretido e encantado com uma coisinha pequena, simples.

Experimente novamente aquele olhar livre de preconceitos, carregado de afeto.

Reflita sobre a sensação de aceitar completamente o mundo que te cerca.

Vê se consegue se afastar um pouco da complicada vida cotidiana, um tempo para você mesmo.

Uma vida maior.

Viva uma vida maior, grandiosa, e não é necessariamente uma vida cheia de recursos financeiros, conforto material ou prestígio social.

Uma vida grandiosa é viver com propósito, com honestidade, fazendo a diferença para as pessoas e para o mundo.

Não desperdice a vida, que é única, correndo atrás de dinheiro, acumulando o que de nada vai servir para onde você vai.

Podemos achar que a vida é uma competição, mas a vida com propósito não é vencer a competição que se apresenta, mas viver acima da competição.

Um olhar pronto para enxergar.

Temos que desenvolver um olhar atento para enxergar o que acontece no nosso cotidiano. Não raro, estamos olhando para alguma coisa e não estamos enxergando.

É preciso estar atento e ter a mente aberta para enxergar de fato o que está acontecendo.

Um olhar pronto para enxergar é fruto de uma mente atenta e aberta para o mundo.

Temos o hábito de carregar preconceitos, filtrar demasiadamente aquilo que captamos e acabamos reconhecendo apenas o mundo pasteurizado, quase sempre, sem significado.

Procure as notícias boas.

Temos um cérebro formado para se fixar em notícias ruins. O que é ruim, desastroso e perigoso chama a nossa atenção.

E o noticiário é construído para mostrar as catástrofes e chamar a nossa atenção. Como diz o velho ditado dos noticiários: “if it bleeds, it leads”, quer dizer que aquilo que sangra chama a nossa atenção.

Não é a toa que trafegamos nas estradas e constatamos que congestionamentos enorme se formam com a cena de um acidente. Mesmo que os veículos já estejam fora da pista, e os acidentados já tenham sido removidos, reduzimos drasticamente a velocidade para apreciar a ocorrência.

Perceba os bons momentos.

Precisamos de três bons momentos para se sobrepor a um mau momento. Isso quer dizer que se você gravar na sua mente uma coisa negativa que aconteceu contigo, você deve buscar três positivas para equilibrar.

A contabilidade trabalha contra a nossa felicidade e bem estar, portanto, trabalhe duro para acumular mais bons momentos no seu caderninho, na sua memória.

O nosso cérebro está programado para isso por milhões de evolução. Como diz o neuropsicólogo Dr. Rick Hanson, temos que nos preocupar mais em comer o lanche de hoje e menos em não ser o lanche de hoje.