Subindo pela corda do resgate.

Às vezes nos encontramos no meio da tempestade, esperando por um resgate.

Se imagine subindo por uma corda de resgate, e de repente você se dá conta que a outra extremidade não está amarrada em nada lá em cima.

Como é que isso vai dar certo?

É preciso que a outra extremidade esteja firmemente atada a um suporte muito sólido, firme, perene.

Fé:

Tem que haver uma Força Superior lá em cima, segurando a ponta da corda, qualquer que seja a circunstância.

Pense no Deus da sua crença.

Pense naquilo que você acredita.

Pense que a sua fé vai te dar a segurança que a corda está firmemente atada, que você não está só e que você pode segurar firme e subir pela corda do resgate.

Essa segurança é fundamental para conseguirmos passar por tantas tempestades que nos atingem ao longo da trajetória da vida.

Há quem tenha perdido a fé numa Força Superior que possa suportar o seu peso, qualquer que seja a sua carga em cima dos seus ombros. Isso não é bom.

Conforto:

É um conforto importante acreditar que Alguém lá em cima está tomando conta das coisas que fogem ao nosso controle, que estão fora do nosso alcance.

Quem nunca teve uma doença grave em família?

Quem nunca correu perigo ou viu de perto o perigo circundando amigos e familiares?

É importante saber que não estamos lançados à sorte ou ao azar.

É importante saber que não estamos desamparados.

Fique bem, na companhia do Deus da sua crença.

Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta