Sombra e água fresca.

Devemos desejar isso apenas no intermezzo entre duas empreitadas demandantes e cansativas.

Assim como o repouso do guerreiro.

Dar uma pausa para reflexão.

Ficar eternamente com sombra e água fresca pode ser uma fonte de tédio, depressão e infelicidade.

Repouso:

Nada como o repouso depois de uma caminhada longa. Um banho repousante, uma comida frugal e uma relaxada.

O mesmo vale para uma viagem longa e cansativa.

Muitas pessoas sofrem de graves depressões a despeito de ter tudo na vida. Pode estar faltar justamente o impulso e a motivação para empreitadas difíceis e desgastantes.

Férias de trabalho são fantásticas após um ano dando o duro e agüentando coisas chatas.

New York Times:

Como reporta o artigo do New York Times, as férias trazem a felicidade quando há um planejamento, e o tempo concentrado nos arranjos é grande, e quando as férias são relaxantes, os resultados são maiores na direção da felicidade.

http://well.blogs.nytimes.com/2010/02/18/how-vacations-affect-your-happiness/

Por outro lado, quando as férias não são planejadas e é uma correria de lugar para lugar, a sensação de bem-estar passa muito rapidamente após o período de férias.

Dan Ariely:

Como comenta Dan Ariely, em entrevista à CBS, as coisas que acontecem todos os dias não nos trazem felicidade, pois já nos acostumamos a isso.

Acho que vale para o caso do descanso. Se a vida for uma rede para se espreguiçar, água de coco, e peixe frito todo tempo, vamos nos acostumar e acabaremos infelizes – morreremos na praia.

http://moneywatch.bnet.com/economic-news/article/dan-ariely-money-and-happiness/435831/

Estamos nos preparando para as festas e férias. Devemos explorar o planejamento, a antecipação, fazendo com que tudo isso tenha um significado conjunto com os meses intensos de trabalho.

Beco

1 Comentário

Joelson

about 6 anos ago

Muito boa a temática e as referências! :o)

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta