Severo com outras pessoas

Severo com outras pessoas

Pare de linchar os outros, como se estivéssemos na época da inquisição.

Não atire pedras nas pessoas. Não saia incriminando de primeira, e não ataque a reputação de outras pessoas gratuitamente.

Fulano é cretino.

Cicrano é pilantra.

Nada disso contribui para a sua felicidade, e pior, é uma atitude que atrapalha o crescimento pessoal de qualquer pessoa, principalmente a sua.

Quando exageramos no julgamento que fazemos dos outros, estamos evidenciando aquilo que não aceitamos em nós mesmos, e isso pode ser uma indicação do fio da meada para melhorar a si mesmo.

Quem se preocupa exclusivamente com a vida dos outros, há muito abdicou da própria vida, largou de mão, e vai haver um momento doloroso do arrependimento.

Passar a vida vivendo a vida dos outros é um total desperdício de energia que deveria ser dirigida para cuidar do mais importante – da própria vida.

Algumas boas dicas para você se livrar desse comportamento tóxico.

Primeiro:

e questione se aquilo que você vai comentar sobre outra pessoa tem algum fundamento – você tem evidências objetivas de que isso é verdade?

Ao fazer isso você deu o primeiro passo para se desinfetar dessa praga.

Segundo:

Se questione se você tem alguma coisa a ver com isso. Será que você ganha alguma coisa pulverizando as pessoas, como se fosse um inseticidade de uso genérico?

Ao passar por esse procedimento é bastante possível que você evite o estímulo para linchar as pessoas quando a coisa ainda está muito pequena na sua cabeça. Não deixe o espírito da crítica e do julgamento crescer na sua mente. Interrompa logo no início.

Ultimo:

Não menos importante: se concentre em você mesmo – se concentre em consertar a si próprio.

Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta