Seja romântico.

O romantismo preserva o relacionamento.

Parece algo óbvio, mas os estudiosos se debruçaram sobre o fenômeno do relacionamento amoroso para estudar o relacionamento duradouro.

Estudo conduzido pela pesquisadora Bianca Acevedo da Stony Brook University, concluiu que o relacionamento romântico não deságua necessariamente em relacionamento de companheirismo e de amizade.

O relacionamento romântico pode ser duradouro, e nesse caso, os pesquisados demonstraram maior satisfação com o relacionamento.

Por outro lado, o relacionamento sem calor romântico, apenas pelo companheirismo conduz a apenas uma satisfação moderada.

A pesquisadora destaca a diferença entre paixão e amor romântico, e a diferença está na obsessão, que acontece está presente no primeiro caso.

O estudo foi conduzido em 6070 pesquisados foi publicado na American Psychological Association.

O que vale a pena destacar, no artigo que li, é que os casais querem ter mais satisfação no relacionamento e querem que ele seja duradouro, devem investir no romantismo.

Quem vê o seu relacionamento progredindo para um relacionamento de companheirismo, deve refletir se não é hora de dar uma guinada, lançando mão de mil artifícios para trazer de novo o romantismo esquecido.

Algumas recomendações para preservar um relacionamento romântico:

-Exercite a compreensão, a empatia e a transigência.

-Elimine o jogo da culpa no relacionamento – não deixe que isso passe sequer pela cabeça.

-Traga o romantismo nas mínimas coisas e nos momentos mais singelos do cotidiano.

-Reduza as expectativas e não exija mais do que o razoável – baixe o tom das cobranças.

No geral, deixe o seu coração falar.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta