Seja paciente consigo mesmo, e não force a barra.

Não force a barra, e nem force as soluções.

Não se culpe tanto e nem se penitencie por algo que está fora do seu controle

Nem tudo precisa ser resolvido agora.

Amanhã você terá a chance de completar o que não foi possível hoje.

Aquela oportunidade perdida pode surgir de novo, numa outra ocasião.

As coisas não são fáceis e você tem dado tudo de si.

Paciência:

Tenha paciência consigo próprio.

Os resultados podem demorar um pouco a aparecer.

Se contente com tudo que conseguiu fazer hoje, pois amanhã é um outro dia.

Dar duro e aguentar firme é tudo que você tem feito, e os resultados confirmam que valeu à pena.

Procure descobrir de onde vem tanta ansiedade e tente atacar o que está te incomodando.

Às vezes perdemos a paciência consistentemente por conta de coisas específicas – tente descobrir quais são e aprenderá bastante sobre si próprio.

Isso vai te acalmar:

Procure trabalhar esses pontos e vai sair ganhando – vai se acalmar.

A impaciência segue alguns padrões. Esperar vinte minutos para ser atendido no banco, ou mesmo na sala de espera do consultório médico pode ser um gatilho para a impaciência.

Leva alguma coisa para ler de casa. Não deixe para ler as revistas desinteressantes e antigas das salas de espera.

Seja prevenido e terá menos razões para se impacientar.

Sempre ajuda escrever sobre as suas crises de impaciência, pois já comentei sobre os padrões, e você deve ter alguns.

Tenha em mente e repasse de vez em quando as coisas realmente importantes na sua vida e na sua rotina diária.

Isso desvia a sua atenção para coisas mais interessantes e elimina a sua preocupação com coisas insignificantes.

Beco

frase do dezembro

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta