Como se proteger do estresse dos outros com barreiras físicas e psicológicas

Como se proteger do estresse dos outros com barreiras físicas e psicológicas

Você pode estar tranquilo e sereno nas suas atividades, mas vez por outra, o estresse dos outros respinga em ti, e a ginástica para não se contaminar pode ser trabalhosa.

Estabeleça o seu próprio ritmo, e não se deixe contaminar com a correria que algumas pessoas têm o hábito de impor. Quando os prazos ficam apertados, resultados insatisfatórios e ações ineficazes, sempre aparecem as pessoas da correria, da gritaria e da pressão.

Quando você sentir que a agitação dos outros está te contaminando de maneira exagerada, estabeleça uma barreira de proteção de modo que você possa tocar sua vida com mais tranquilidade.

Leitura espiritual:

Eu faço uma leitura espiritual todos os dias logo ao chegar ao trabalho. Isso tem me ajudado a começar o trabalho com o espírito mais protegido. Faço outra leitura espiritual antes de dormir, o que apazígua a mente que se prepara para repousar. Um repouso profundo é fundamental para a saúde.

A barreira pode ser física, a porta da sala fechada e uma orientação para não ser interrompido.

Saiba quando guardar distância, quando não mostrar oposição, quando minimizar o contato com tais pessoas.

Se você está com a cabeça mais fria, é você que tem que tomar a iniciativa de fugir da situação estressante.

A barreira pode ser procedimental, estabelecendo responsabilidades claras, pedindo mais prazo.

Pode ser comportamental, estabelecendo limites no relacionamento.

Não tente mudar a atitude da pessoa estressada.

Pense cuidadosamente nas suas reações com a outra pessoa, você pode estar jogando lenha na fogueira.

Não culpe e nem se culpe. Aja serenamente para se afastar. Saia da discussão quando se tornar muito pessoal.

Se afaste dos recursos tóxicos para afastar o estresse – você sabe, aqueles que prejudicam a sua saúde.

Aprenda a identificar quando o estresse está te contaminando.

Se possível mantenha o bom humor.                                                                                                                                                             Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta