Se pode fazer, faça.

Não deixe para depois, se puder fazer, faça logo, e se vai fazer, faça o seu melhor.

Nada vem de graça, sem esforço, de bandeja. É preciso se levantar da poltrona e agir, fazer a sua parte.

Escolha estar em movimento, e deixe de lado aquela desculpa para empurrar para depois.

Para alcançar qualquer coisa, é preciso dar um passo naquela direção, e caminhando um pouco mais, o objetivo vai ficar ao alcance da mão.

Limitações inventadas:

Se você se entregar ao diálogo interminável e improdutivo sobre as limitações, os projetos não sairão do papel, as ideias não se concretizarão. No final, você vai terminar com uma porção de boas ideias, poucas realizações e um caminhão de desculpas que nem você mesmo acredita.

Pare de reclamar, pare de questionar e dê pelo menos um pequeno passo naquele projeto que considera difícil. Veja como um pequeno avanço te encoraja para as próximas etapas. Ao concluir, você mesmo vai se surpreender consigo mesmo, sua capacidade e perseverança para chegar até o final.

Os desafios estão aí, clamando pela sua coragem e determinação. Dê uma resposta positiva e construtiva às questões que a vida te impõe. Não se intimide com as dúvidas e acredite na sua capacidade.

Avalie os projetos que deixou para trás, examine com honestidade as limitações que você delimitou, e enumere as desculpas que você deu a si mesmo para não executar. Veja como você se boicotou sem piedade.

Interrompa este ciclo vicioso da estagnação. Realize o seu potencial. Dê uma chance a si mesmo.

R.S. Beco

1 Comentário

Clay

about 4 anos ago

Mestre Sakay, estou aqui no Rio naquele Ap. Obrigado pela dica! Abs, Clay Ronaldo Clay Business & Digital Strategist Mobile: +55 (61) 8111.0691 Skype: clay.ronaldo Twitter: @RonaldoClay Blog: tagclay.blogspot.com Facebook/Ronaldoclay Audaces fortuna iuvat (A sorte protege os Audazes!) >

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta