Se morder a língua morre envenenado.

Porque temos que ter tanto pensamento ácido na ponta da língua. Assim vamos morrer envenenados se mordermos a própria língua.

Alguns escritos religiosos comentam que o golpe da língua quebra os ossos, de tão forte que é.

Para o nosso próprio bem, temos que moderar bastante aquilo que falamos de outras pessoas. Especialmente aquilo que falamos pelas costas.

Comentários negativos:

Fazer comentários negativos sobre as outras pessoas não contribui em nada para o nosso próprio bem, e funciona como um teto de vidro, limitando o nosso crescimento. Sabemos que podemos crescer, e até enxergamos o horizonte à nossa disposição, mas batemos a cabeça no vidro e não entendemos porque estagnamos, paramos no tempo.

O veneno que produzimos na mente e passamos para a língua, fatalmente acaba sendo digerido pelo nosso próprio organismo, nos envenenando mesmo que ingerido em pequenas doses.

Pensando assim, nos parece tão lógico e fácil que devemos fazer o contrário, fazer comentários elogiosos, falar o bem, e principalmente pensar o bem dos outros.

Mas sabemos que não é fácil. Parece um instinto ancestral, tentar depreciar os outros e se colocar no próprio pedestal, fazendo comparações, estabelecendo padrões, emitindo pareceres, quase sempre depreciativos.

Atitude:

Por tudo isso, sabemos que a mudança de atitude e comportamento exige uma prática determinada para se livrar do próprio veneno.

Por incrível que pareça, e a ciência já comprovou, que fazer comentários elogiosos nos faz um bem imediato. Nem bem terminamos de comentar, e os níveis de satisfação e bem estar começam a se elevar.

Isso acontece porque antes de expressarmos o comentário, a nossa mente já mudou o seletor para o canal do bem. Esse é o modo construtivo e generoso, e nós sentimos de pronto os benefícios para a nossa saúde.

Uma pessoa bem humorada, positiva e que é desprovida de qualquer veneno, é também uma pessoa saudável em todos os aspectos.

Queremos ser essa pessoa.

Podemos ser essa pessoa se exercitarmos com diligência e determinação.

Escolha, pratique e seja feliz.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked