Se encontre ajudando os outros.

Muitas pessoas relatam que se encontraram ajudando outras pessoas, e Gandhi sempre reforçou isso.

No cotidiano da correria, e insatisfação crônica, devemos procurar a si mesmo nas ações generosas e altruístas.

Não é preciso se deslocar ou tirar o dia de folga para fazer isso. Basta atentar para as oportunidades de ajudar os outros em meio à rotina diária.

Estamos tão ocupados que não damos atenção às pessoas, e às suas necessidades.

Alegre o outro e você também vai encontrar alegria.

Ajude:

Ajude e será ajudado. A alegria que você está procurando pode estar ali.

Faça as pessoas rirem, se alegrar nos momentos em que estão juntos. Encontre humor nas interações e compartilhe isso com os demais.

Quando ajudamos, nos damos ou damos algo a alguém, e o fenômeno químico no nosso cérebro é similar àquele quando experimentamos algo prazeroso. Portanto, a generosidade nos dá prazer e bem estar.

Faça o bem ao outro, para o seu próprio bem.

A generosidade voltada para os outros, abre o nosso coração também para as nossas próprias necessidades.

Aprendemos a olhar para si mesmo com mais amor, e não só nos encontramos, mas nos conhecemos melhor.

Aproveite essa característica benevolente que é de todo ser humano. Fazemos isso naturalmente, e devemos ter a disposição para ser generoso em qualquer circunstância.

O mesmo acontece com a compaixão. Quanto nos compadecemos na dor do outro, também tratamos com respeito e generosidade a nós mesmos.

Por outro lado quando olhamos para o outro com pena, é sinal de que, quando a dor for conosco, vamos nos colocar no papel de vítima, o que não é saudável em nenhum dos casos.

As oportunidades para ajudar são inúmeras, e basta reduzir um pouco a velocidade da correria do dia-a-dia para perceber quando elas aparecem.

Aproveite a oportunidade, e usufrua desse dom. O seus estresse vai se reduzir, a saúde pode melhorar, e você vai se aproximar mais daquele ser virtuoso que aparece quando se olha no espelho.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta