Se alimente adequadamente.

Pratique uma dieta eclética, para o seu bem.

Vale indicar novamente o site (World Healthiest Foods) que é considerado o melhor no campo da nutrição:

Com o tempo e a idade, entenda que o seu organismo ficará mais lento, e a dieta tem que seguir essa orientação.

Procure alimentos mais saudáveis, com maior facilidade de digestão.

Tenha uma preocupação nutricional maior que a preocupação gastronômica.

Se alimente na hora certa e mais vezes ao dia. Gerencie bem a questão de festas, jantares, coquetéis e boa alimentação. Não pule as refeições.

Consuma bastante água.

Enfatize a ingestão de frutas e legumes.

Aprenda a gostar de grãos integrais e evite produtos de farinhas refinadas.

Menos açúcar, menos sal, menos bebidas alcoólicas, menos gorduras saturadas.

A moderação é recomendada para qualquer alimento. Não se alimente de uma única categoria de alimentos e de maneira exagerada.

Hara Hachi Bu.

É um adágio antigo japonês, e prática cultuada pelos super-centenarios de Okinawa (mais de 110 anos de idade).

Sacie apenas 80% da sua fome.

Essa filosofia do Hara hachi Bu é muito bem explicado no site http://okinawa-diet.com.

Para compreender as categorias de alimentos e importância de equilíbrio na nutrição, nada melhor que recorrer à pirâmide da nutrição do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos – USDA.

A natureza nos brinda com um repertório imenso de alimentos.

Ninguém precisa comer o que não gosta. Aprenda mais sobre alimentos, experimente sem preconceitos, e monte um cardápio saudável.

Finalmente, para descontrair, segue o link de uma postagem interessante  de Katie Tallo sobre alimentação(Um guia simples para comer como um humano), com indicações de leituras igualmente descontraídas.

Passe adiante.

Beco

1 Comentário

Eli Lima

about 7 anos ago

Que comentário light, suave, gostoso de ler. Obrigada pela contribuição! Fique bem.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta