Se aceite como é, mas procure melhorar

Se aceite como é, mas procure melhorar

Se aceitar como você é não implica em resignação, acomodação ou mesmo complacência consigo mesma. A aceitação é um caminho mais seguro para o aprimoramento, pois nos livra da culpa desproporcional que sentimos quando nos olhamos em detalhe.

Olhe para si mesma com bons olhos, gentileza, bondade e compaixão. Se dê conta do caminho largo que se apresenta quando você compreende as oportunidades que têm para melhorar.

Erramos muito, mas não somos pessoas erradas. Os erros são fortes pistas por onde devemos melhorar.

Quando não nos aceitamos e não aceitamos a vida como ela nos é presenteada, ficamos indefinidamente nos culpando, nos fazendo de vítima e dando murros em ponta de faca.

Vire a página:

Insistir nas lamúrias é sim uma escolha pela estagnação.

Temos que passar adiante, virar a página e procurar ser melhor, um dia de cada vez.

Não devemos nos guiar pelos outros, nos comparando e lamentando a nossa má sorte.

Assim como o maratonista que caminha no seu próprio ritmo, realizando o seu próprio potencial, temos que seguir a nossa própria vida com determinação e responsabilidade. Devemos colocar atenção no próprio caminho.

Sei que todos desejam uma vida melhor, e sentimos uma pontinha de indignação pelos reveses que apareceram na nossa jornada. Saiba que até um pontapé no trazeiro nos remete para frente.

O mundo não é justo, mas é bom.

O caminho é tortuoso e não conseguimos evitar cair em alguns buracos, mas isso não nos impede de sermos felizes e saborearmos a caminhada.

Hoje, na proximidade dos meus 63 anos, me aceito como sou, e também perdoei o jovem impulsivo e impaciente que fui no passado.

Hoje caminho com mais serenidade, em paz comigo mesmo. Aprendi a aceitar em mim as coisas que não tenho a capacidade de mudar, mas aceitei plenamente a responsabilidade de procurar uma versão melhor de mim mesmo.

Rubens Sakay (Beco)

 

 

Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta