Retire o lixo do seu caminho

Caminhamos diariamente com tanta coisa nos atrapalhando, e temos que nos livrar de tanto lixo. Me refiro a coisas quebradas, coisas sem uso, roupas velhas, embalagens vazias e tudo que fica entulhando o seu caminho, atrapalhando o seu caminhar. Se puder consertar o que está quebrado, faça logo e não passe mais um ano com aquilo dentro de casa.

Se não puder descartar, tire da sua vista. O simples fato de olhar para uma coisa quebrada já te faz mal, alimenta a sensação de uma vida parada, interrompida e descartável.

Faça o que tem que ser feito:

Comece com uma pequena coisa, qualquer coisa que possa fazer agora mesmo e perceba que tudo ficou mais bonito, mais harmonioso.

Apare a grama, corte o mato que está nascendo por todo canto, limpe o óleo da garagem, enfim, limpe o seu horizonte, torne a sua vida mais colorida e menos borrada.

Faça isso também com as coisas emocionais desnecessárias. Elimine a raiva, os ressentimentos, a culpa, a inveja e tantos outros sentimentos tóxicos. Eles te impedem de progredir, levar a vida com mais leveza.

Assim como as coisas materiais, as nossas emoções podem facilmente receber o entulho de sentimentos negativos. Isso acaba se acumulando prejudicialmente na sua mente e no seu coração.

A nossa mente é mesmo assim, funciona como teflon para as coisas boas e como velcro para coisas ruins. Tendemos a guardar o entulho e descartas as coisas valiosas. Portanto, temos que ficar vigilantes para esse péssimo costume, valorizando o bom e descartando o ruim.

Preste atenção quando esse processo se iniciar na sua mente. Você encontra uma amiga no shopping e antes que um pensamento positivo chegue à sua mente, pinta um pensamento crítico, uma inveja da roupa ela está usando. É o processo do entulho começando. Substitua imediatamente por um ou mais pensamentos positivos sobre essa mesma pessoa – uma qualidade, uma virtude ou mesmo a lembrança de um momento agradável que experimentaram juntas.

Cuide do seu caminho e fique bem.                                                                                                                          Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked