Relate os eventos positivos.

Os eventos positivos na vida também trazem estresse.

Em grande parte um estresse positivo, mas por vezes trazem dificuldades.

Passou no vestibular e seus amigos não – como compartilhar a sua alegria sem deixar os outros um pouco chateados.

Conseguiu um excelente emprego enquanto seus amigos vão seguir mal empregados.

Foi promovido e os outros amigos não foram.

A notícia é boa, e queremos falar sobre o evento, encontrar interlocução, mas o desconforto nos coloca em cheque. Quando isso acontece,  escrever sobre eles pode aliviar.

Relatam os pesquisadores que o estresse aumenta após eventos positivos, e nos casos onde o longo planejamento é necessário, por exemplo, o casamento, o estresse toma todo o período que antecede o evento.

Em muitos eventos positivos, onde uma expectativa enorme é construída, e nem sempre confirmada na totalidade, o estresse aparece em forma de insatisfação.

Relatar os eventos positivos, reforçando os aspectos positivos, aumenta e prolonga a satisfação com tais eventos.

Cuidado – não conte vantagem sobre as coisas que conseguiu. Isso pode ser uma fonte de estresse, pois pode encontrar animosidade no seu interlocutor.

Deixe que os eventos positivos sejam um moderador do estresse e não causadores.

Encontrar interlocutores qualificados, familiar, amigo íntimo, companheiro é muito bom para reduzir o estresse – quando relatamos, sentimos o balão do estresse reduzir a sua pressão.

Todos nós sabemos da importância de ter amigos próximos ou familiares para compartilhar as coisas boas e ruins da vida.

Quando não conseguimos relatar, devemos escrever sobre eles.

O estresse é parte da nossa vida, e nos move para grandes empreitadas.

Quando encontramos uma situação inesperada, nos estressamos, mas é também uma oportunidade para aprendermos algo novo.

Ansiedade e o estresse que vêm com os eventos positivos, provocam uma reação no nosso organismo e ativam os mecanismos de sobrevivência e defesa – não devemos desprezar esse fato.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta