Receba com mãos agradecidas.

Qualquer que seja a graça concedida, receba com mãos agradecidas.

Fui educado a receber qualquer presente com ambas as mãos estendidas. Quando garoto não tinha a menor idéia do significado desse gesto, mas passei a valorizá-lo ao longo do tempo.

A atitude de mãos estendidas impede o espírito negativo, de inveja, de ressentimento, simplesmente não é condizente.

O espírito de gratidão subentende também parar de reclamar da vida, e isso deve ser exercitado.

Ajude os pequenos a desenvolverem esse espírito de gratidão. Exercite junto, estimule.

Levar as mãos em gratidão conduz a mente, automaticamente para as coisas boas que recebemos. Eleva o espírito e melhora o nosso bem-estar.

Como comenta o professor Robert A. Emmons no livro : Agradeça e Seja Feliz, é fundamental reconhecer que:

-fomos beneficiários da bondade de alguém,

-o benfeitor proporcionou intencionalmente o benefício, muitas vezes incorrendo em um custo pessoa,

-para o beneficiário, o benefício tem valor.

O mundo é bom, e nós somos alvos de bondade todo momento.

É comum não reconhecermos as graças, pois estamos desatentos, e damos como certas as coisas que recebemos.

A gratidão nos leva para além de nós, nos leva para uma rede imensa de relacionamentos, fundamentais para a nossa felicidade.

E o reconhecimento dessa rede de benfeitorias, como diz Emmons, e a memória do coração. Desenvolver essa memória exige tempo e reflexão, e esse simples ato, aumenta o nosso bem-estar.

Quem não tem o que agradecer é porque se considera vítima, é porque não aprecia o que tem, e se julga desprovido.

Reflita sobre o que tem, sobre as graças recebidas e estenda as mãos em gratidão.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta