Realize o futuro.

Disse Peter Drucker que a melhor maneira de predizer o futuro é realizá-lo.

Aquele que não sabe nem imagina o seu futuro, certamente não está empenhado em construi-lo.

Não devemos avaliar a nossa vida pelo que colhemos, e sim pelo que plantamos.

Temos que ter fé no nosso futuro e sabemos que futuro é melhor que qualquer passado.

Vamos correr atrás dos nossos sonhos, realizar os nossos projetos.

Como disse Gretchen Rubin:

Os dias são longos, mas os anos são curtos, e já estamos terminando mais um ano, vamos correr com isso.

Temos que nos manter em movimento, e aquilo que ficou pendente, temos que realizar, tentar mais uma vez, não dar folga.

A determinação e a força de vontade precisam ser exercitadas todos os dias.

Quando estamos desanimados, meio derrotados por tantos problemas, parece que nos falta a energia mínima para se levantar.

Todos nos passamos por isso um dia, mas algumas dicas podem funcionar.

Se coloque em movimento, mesmo sem direção, sem foco em nenhum projeto, uma caminhada até o supermercado para comprar algumas cenouras.

Quando nos movimentamos, parece que o cérebro pega no tranco e o ânimo para fazer alguma coisa objetiva fica mais fácil.

Focalize uma tarefa pequena, ir ao cabelereiro e arrumar o cabelo – cuidar de si mesmo pode ser um impulso para se levantar.

Pegue a sua lista de coisas para fazer, escolha apenas uma e saia para fazer, consertar alguma coisa quebrada, arrumar alguma coisa, dar fim em itens inservíveis.

No trabalho funciona igual. Podemos chegar ao trabalho sem ânimo nenhum, quase pedindo as contas. Nada disso – pegue uma pequena tarefa e saia fazendo. Uma coisa engata na outra e de repente o dia já se foi.

Um dia depois do outro, um projeto depois do outro, vamos construindo o nosso futuro. Não porque desanimar.

Os problemas podem ser muitos, mas eles encontrarão a solução – vamos dar conta um a um.

Quero sempre crer que vale à pena me empenhar, e o futuro tem a capacidade de me surpreender, sempre para melhor.

Os projetos são muitos, o tempo é curto, e não quero chegar ao final concluindo que fiquei velho rápido demais e me tornei sábio tarde demais.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta