Quando parece que vamos fraquejar.

A vida é dura, temos que reconhecer.

Nada vem com facilidade, e cada palmo pisado, cada metro caminhado, não vem sem pedras no sapato, espinhos nos pés e poeira no nariz.

Há momentos que sentimos que vamos fraquejar, abandonamos a dieta, bebemos um golinho só, chutamos o pau da barraca e jogamos tudo para o alto.

Não devemos nos entregar às dificuldades. Temos que respirar fundo, se afastar da situação por uns instantes e deixar a coisa se acalmar.

Parece que aquela força de vontade inabalável foi exaurida, e é como se estivéssemos prestes a entregar o ouro ao bandido.

Não desanime:

Não devemos nos desanimar, afinal, todos já passamos por alguma situação dessas, e conseguimos aguentar firme, sem desistir.

É como se tivéssemos que tirar a última gota de energia de um balde praticamente vazio. Não há o que temer, vamos conseguir.

Temos essa velha tentação de desistir muitas vezes na vida, mas não desistimos, e não nos arrependemos.

A sorte fica por um fio, o futuro de repente ganha uma imprevisibilidade inexplicável, mas ainda assim, temos que manter a determinação para caminhar para frente, buscar o nosso melhor.

A vida é mesmo cheia de altos e baixos, mas a nossa força de vontade tem que estar sempre ativa.

Nos momentos em que a energia parece faltar, devemos sempre nos apoiar uns nos outros.

Temos que ter esse princípio de ajuda mútua em qualquer situação, de quem ajuda e de quem é ajudado.

Ajuda:

Aquele que está em dificuldade não deve jamais desconsiderar a ajuda que pode vir de todos os lados.

Por outro lado, aquele que está em condições de ajudar, não deve se furtar de assim fazê-lo. Devemos apoiar aqueles que se sentem mais exauridos.

Podemos sentir a fraqueza, mas não devemos fraquejar.

A nossa energia pode parecer que está no fim, mas podemos sempre dar mais um passo, mais um impulso.

Quem sabe a ajuda não chega ao dobrarmos aquela esquina?

Quem sabe alguém não liga no telefone para uma ajuda inesperada?

Mantenha-se firme, um dia de cada vez.                                                                R. S. Beco

1 Comentário

Diana Mota

about 5 anos ago

Olá Beco, A mensagem de hoje foi bem escrita para minha situação, é sempre muito bom ler quando não estamos bem, ajuda pra caramba o astral da gente! Você teria alguma mensagem que trate do ponto de vista sobre o que é sorte e o que reconhecimento?...pois parece que mesmo trabalhando e tendo um diferencial tudo conspira contra, e por isso tantas vezes temos vontade de desistir... Agradeço, bom dia e mais uma semana abençoada ;)

Responder

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked