Quando estiver analisando um problema, imagine a solução, não o pior.

É muito comum, quando nos defrontamos com um problema, ter a mente tão ocupada com o problema em si, que sobra pouco espaço para a própria vida.

A mente roda em círculos e a solução parece uma coisa longínqua.

Pense na solução.

Pense no problema solucionado e eliminado.

As barreiras, pense nelas sobrepujadas.

A falta de recursos, pense neles obtidos.

Mas não é só fazer pensamento positivo, é preciso se trabalhar firmemente na direção da solução.

É preciso fazer a sua parte.

É certo que o problema pode piorar, mas a melhor maneira de melhorar é trabalhar uma solução.

Colocar muita atenção e preocupação na possibilidade da situação piorar tira o seu foco e a sua energia para a solução do problema.

Aceitar que o problema existe é a primeira etapa. Parece elementar, mas às vezes perdemos muito tempo negando o problema, resmungando, praguejando e maldizendo, ao invés de aceitar e encarar o problema de frente.

Se pergunte: o que está realmente acontecendo?

Às vezes, somos envolvidos emocionalmente no problema que perdemos a verdadeira dimensão do que está acontecendo.

Onde aconteceu e quem está envolvido?

Porque isso está acontecendo?

Colete informações suficientes para conseguir decidir qual solução é a mais adequada.

Aceite ajuda quando julgar conveniente – não seja orgulhoso.

E por final, identifique a lição por trás do problema – ela sempre existe.

A lição pode evitar problemas futuros.

Mantenha o espírito leve, o bom humor e sua motivação enquanto lida com o problema – não deixe a energia abaixar.

Beco

1 Comentário

Flávia Shizue

about 7 anos ago

Ola Rubens, Gostei mto dos seus posts. Apenas gostaria te dar os parabéns. Depois de ler este post fiquei mto empolgada em ler os demais. ^^ E te digo, não gosto de ler, mas me interessei mto nos assuntos q aborda. ^^ Parabéns. Flávia Shizue

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta