Pratique boas ações com regularidade.

Adquirimos hábitos, bons ou maus, quando praticamos determinadas ações com regularidade. Faça isso com as boas ações. Pratique com regularidade. Ao tornar-se um hábito, vai acontecer com naturalidade, vai se agregar ao seu modo de ser e vai te fazer mais feliz.

Especialmente para os pequenos, o estimulo aos atos de bondade, constrói o caráter, agrega hábitos poderosos para a resiliência e a formação de um adulto completo.

Estudos, dentre eles o de Kohn(1990) e McGarry (1986) mostraram que indivíduos são mais propensos a ser bondosos e praticar atos de bondade se, quando crianças, presenciaram adultos fazerem o mesmo. Se crianças observam adultos indiferentes diante de situações com pessoas em necessidade, tendem a ser indiferentes também.

Um cuidado que se deve ter é o de observar se não estamos sendo inconvenientes ou agindo de forma suspeita. Ao praticarmos atos de bondade com estranhos, pode parecer uma atitude suspeita de algo planejado e indesejável.

Especialmente quando estamos em países estrangeiros, esse cuidado deve ser redobrado.

Eu próprio vivenciei duas ocasiões em que o ato de bondade me levou a constrangimentos:

-dei carona para uma amiga cega, que estudava comigo, e quando chegamos ao edifício, fiz menção de acompanhá-la até a porta e ela quase entrou em pânico.

-segurei a porta para uma pessoa que atendia comigo um programa de executivos nos Estados Unidos, e casualmente toquei-a nos ombros, como fazemos aqui no Brasil, e foi um desconforto, primeiro dela e depois meu.

Existe uma instituição, o Random Acts of Kindness, que auxilia pessoas e instituições a atuarem e estimularem indivíduos a praticarem a bondade.

Você pode repassar as sugestões do site caso esteja sem idéias de como atuar.

Vou listar algumas que encontrei no site, que de tão simples, nos esquecemos delas:

1-Segure a porta aberta para alguém que vem logo atrás de você.

2-Oriente alguma criança que esteja fazendo algo perigoso.

3-Seja gentil com alguém que te serve no restaurante, num balcão do aeroporto ou em outro serviço qualquer.

4-Leia para um idoso com visão deficiente.

5-Ajude alguém no supermercado – a encontrar um produto – a pegar algo na prateleira, a colocar as coisas na esteira do caixa.

6-Dê as orientações para alguém perdido na cidade ou simplesmente procurando um endereço.

7-Pegue um lixo na rua ou qualquer lugar público e dê destino adequado.

8-Cumprimente as pessoas calorosamente – Bom Dia!

9-Dê boas vindas para alguém novo na vizinhança, novo no local de trabalho, novo na escola.

10-Leve algo para os colegas do trabalho – um biscoito – uma fruta – um doce.

Eu tenho aqui uma sugestão que você deve praticar sempre que estiver nesta situação:

-você acabou de passar pelo caixa de uma casa de lanches, ficou na fila, pagou a conta e vai esperar o seu café – a pessoa logo atrás é perguntada pelo caixa se tem 10 centavos, e você está exatamente com 10 centavos que recebeu de troco – passe para ela.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta