Pense na gratidão.

Comece o seu dia pensando em alguém que você tem que agradecer. Foi o que aprendi na leitura de Richard Carlson.

Pense na gratidão. Sinta-se grato.

É um processo virtuoso como ensina Carlson. Você pensa numa pessoa e logo a sua memória puxa por outra e assim por diante.

A atenção e a sensibilidade para a gratidão ficam implantadas em você, e aí vem um bem estar enorme.

Cotidiano:

Você pode concretizar isso, efetivamente agradecendo a alguém, mas muitas vezes não é possível, e só pensar nisso no começo da sua jornada diária, já vai melhorar o seu cotidiano atribulado.

Você pode ainda tornar este exercício impessoal – sem pensar em ninguém.

Simplesmente se sinta grato e abençoado por tantas graças recebidas.

Sinta-se grato simplesmente pelas coisas que estão dando certo em sua vida.

Se você for religioso, pense no Deus da sua crença.

Mas funciona mesmo sem pensar em ninguém – simplesmente se sentindo grato.

Prof. Rober Emmons:

Segundo os estudos apontados pelo Prof. Robert Emmons da Universidade de Davis na California, as pessoas que têm o hábito da gratidão, aumentam em 25% o seu ponto fixo de felicidade.

Os estudos mostram que as pessoas têm um ponto fixo de felicidade e assim são mais ou menos felizes por uma característica genética. A boa notícia é que podemos influir nesse ponto, elevando-o, e uma das maneiras muito efetivas de fazer isso é desenvolver o hábito da gratidão.

Para Carlson, simplesmente acordar de manhã, pensando na gratidão já é um grande passo.

Diz Emmons que a gratidão exige reflexão, repassando os eventos e entendendo os pontos positivos e negativos, e para isso, devemos reservar um tempo na nossa jornada diária para refletir sobre as bênçãos recebidas e a gratidão.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta