Pedir e agradecer.

Aprendemos tanto com nossos pais, que mesmo depois de sua partida, as lições nos são reveladas.

A semana passada fui visitar e conhecer um senhor, hoje com 82 anos, que comentou os tempos de infância quando vivia na mesma comunidade com minha mãe, ela adolescente, e ele garoto, aprendendo com ela as primeiras lições de alfabetização e até de exercício matinal.

As conversas tão longe no tempo, me veio na lembrança uma lição que meu avô nos deixou.

Todos os dias temos que pedir e agradecer.

Na verdade, tempos sempre motivos para pedir e agradecer.

Estamos recebendo inúmeras graças todos os dias, e temos um tanto de coisas que gostaríamos que acontecesse. Pedimos pela luz nas nossas decisões, e quando somos iluminados, devemos agradecer.

Muitas vezes queremos o pacote pronto, o carro todo equipado, que não nos damos conta que as coisas nos são dadas em doses valiosas e pequenas, todos os dias.

Me dei conta, a partir da lição do meu avô, que agradecemos as bênçãos porque estamos em paz com o passado, e pedimos adiante porque temos uma visão otimista do futuro.

Essa paz, serenidade e otimismo, nos atenua os males e dores que hoje eventualmente sentimos, e nos coloca firme e seguro no caminho do crescimento.

Hoje agradeço pela família que tive e tenho, e pelas lições que me foram passadas e outras tantas que ainda vou me dar conta.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta