Pare de controlar as pessoas.

Preste atenção se você não está tentando controlar as pessoas.

Você repete o seu argumento mais alto quando a pessoa não concorda?

Você repete o seu argumento inúmeras vezes?

Você fica satisfeito somente quando a pessoa concorda com os seus argumentos?

Você insiste incessantemente quando a sua alternativa não foi a escolhida? – isso vale para a escolha do filme a assistir, do restaurante para o jantar, para o roteiro de férias.

Seja flexível.

Aceite a opinião dos outros.

Considere que a sua alternativa e seus argumentos podem não ser tão bons.

Atenção: Se não consigo controlar a minha vida, as minhas vontades e a minha felicidade, vou tentar controlar a vida dos outros. A vontade louca de controlar os outros é um sinal de que a sua própria vida pode estar fora de controle.

Aceite as pessoas como são, e se concentre no seu aprimoramento.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta