Ouvir com humildade.

Para ouvir a palavra certa, devemos ouvir com humildade.

Temos o hábito de abrir os ouvidos apenas para as pessoas do nosso nível social ou educacional.

Quando ouvimos pessoas de outros meios, simplesmente fechamos os ouvidos, fazemos de conta que estamos prestando atenção.

Ouvir com preconceito, com uma ideia preconcebida sobre o tema ou sobre a pessoa é um desperdício para quem ganhou dois ouvidos.

É a realidade de muitos de nós, passar o dia na correria, sem parar para ouvir com calma, com atenção.

Mal entendidos:

Acontece no trabalho, no convívio familiar e na roda de amigos, uma fonte inesgotável de mal entendidos.

Não colocamos a nossa mente no modo de ouvir. Nem bem ouvimos e já iniciamos o nosso julgamento.

É a mente barulhenta impedindo que ouçamos com atenção, com humildade.

Vale algumas recomendações para ouvir plenamente.

Mantenha o contato no olhar.

Dê sinais de que está ouvindo de verdade.

Não fique atendendo o telefone, passando SMS ou coisa parecida.

Seja paciente e ouça totalmente. Não interrompa como quem quer conduzir a fala do outro. Não seja prepotente.

Não assuma o que o outro pensa ou sente e saia rapidamente para a conclusão sem ouvir a história toda.

Prepotência:

O ouvido prepotente perde a palavra valiosa, o ensinamento essencial.

Quantas vezes saímos das situações sem saber exatamente o que foi dito?

Outras vezes temos certeza que ouvimos o que não foi dito.

Tudo isso é ruído que nós mesmos criamos para prejudicar os nossos ouvidos, para impedir a assimilação da palavra certa.                                                                                                                         R.S. Beco

1 Comentário

SM

about 6 anos ago

Muito bem Lina! Adorei.

Responder

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked