Os punhos fechados.

Quando estamos com os punhos fechados não podemos nem dar nem receber qualquer coisa.

Dessa maneira, não podemos sequer cumprimentar uma pessoa.

A nossa atitude fechada nos afasta das pessoas, dos relacionamentos, e a nossa mente pode assumir esse modo destrutivo sem que percebamos.

Pensamos estar interagindo com as pessoas, mas sequer estamos ouvindo o que as elas estão dizendo.

Pessoas contam histórias e não estamos interessados, e a nossa vontade é apenas contar a nossa própria história.

O ruim da mente fechada:

Os punhos fechados, simbolizam também a mente fechada para novas ideias, e é uma atitude de isolamento, egoísmo e prepotência.

Vivemos com as pessoas, e não é possível saborear a vida sozinhos, isolados no nosso mundinho.

O prazer de viver é genuíno quando vivemos com outras pessoas, amigos, familiares e tantas outras pessoas que dão significado a cada momento, mesmo que de passagem.

O mundo é cheio de gente interessante, e precisamos estar abertos para conhecer, interagir e viver em comunidade.

Alguém imagina passar o seu aniversário sozinho?

Somos seres sociais:

Precisamos das pessoas, e não é para que nos ajudem. Simplesmente somos uma espécie gregária, e precisamos estar junto com os  outras pessoas, nos sentimos bem, nos sentimos mais completos.

Quem pensa que milhares de relacionamentos nas redes sociais completam o ser humano, está enganado. Precisamos de relacionamentos reais, contato olho no olho, contato físico, proximidade.

Temos que expressar a nossa generosidade, o nosso apreço pelas pessoas. Eventualmente não precisamos dizer nada, um simples sozinho já diz muita coisa.

Fazer e cumprir as nossas tarefas juntamente com outras pessoas é uma experiência mais prazerosa. Muitas vezes temos que fazer coisas rotineiras e enfadonhas, mas elas deixam de ser uma carga quando fazemos com alguém.

Para os casais, dividir e compartilhar os deveres do lar é uma regra preciosa para uma convivência saudável e duradoura.

Goste das pessoas, goste do convívio e vai gostar mais de si próprio.

Seja uma pessoa agradável, e essa grata atitude vai refletir em você mesmo.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta