Óleo na dobradiça da porta.

Uma coisinha de nada e elimina um desconforto diário, da porta rangendo nos ouvidos.

Isso acontece com um mundo de coisas na vida da gente.

No nosso convívio, e nos relacionamentos, empurramos com a barriga e convivemos indefinidamente com um desconforto que seria melhor abrandar, se não eliminar.

Por vezes é bom se afastar da pessoa, quase sempre, uma conversa honesta e objetiva é capaz de aparar arestas que estão nos incomodando.

Às vezes, o incomodo é pequeno, mas isso, de maneira crônica, acaba minando a nossa energia.

Óleo na dobradiça:

Assim como fazemos colocando óleo na dobradiça da porta, e ela para de ranger, temos que tomar uma atitude. Temos que agir da mesma maneira em todos os setores da vida para amenizar o desconforto.

Mesmo nas coisas praticas do cotidiano, em casa e no trabalho, convivemos com coisas quebradas, tarefas por fazer, informações para atualizar, e isso tudo se junta na nossa mente, como um imenso pacote de procrastinação.

Temos que evitar – temos que consertar.

Temos que abandonar o campo da pre-ocupação e passar imediatamente para a ocupação.

Enquanto acumulamos um cem número de preocupações, arrumamos apenas entulho para a nossa mente. Temos que limpar a área, desanuviar o nosso horizonte.

Cotidiano:

Pense por um momento naquilo que faz todos os dias, suas atividades cotidianas.

Atente para aquilo que está rangendo, assim como a dobradiça da porta, pedindo para ser consertada.

Assuma que vai começar o ano fazendo alguma coisa para aliviar o seu desconforto, vai partir para a ação.

Sei que a vida da gente é cheia de prioridades, urgências e até de emergências, e por isso mesmo, nos acostumamos e empurrar algumas coisas para depois, que acabam se acumulando.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked