O valor de cada pequena coisa.

Sempre me pareceu lógico de que a sequência é de valorização e depois de gratidão, mas aprendi que na verdade é o contrário.

Quando agradecemos por alguma coisa que recebemos, passamos a valorizar ainda mais o que recebemos. É como se potencializássemos tudo que acontece de bom na nossa vida.

Portanto, o essencial não é a valorização, mas sim a gratidão.

Quando olhamos um ato, evento ou objeto com olhar agradecido, mais desfrutamos, e maior benefício tiramos dele.

Gratidão sempre:

Do mesmo modo, quando agradecemos pelas dificuldades, elas diminuem e podem até desaparecer.

Quando praguejamos e maldizemos, as dificuldades se avolumam e acabamos assustados e paralisados.

Quando agradecemos pelas adversidades, ficamos prontos para aprender as lições nelas contidas.

A gratidão te permite enxergar as coisas de um novo ângulo, mas produtivo e mais preciso. Um olhar negativo sempre traz uma versão bizarra e surrealista de tudo que acontece.

Quando agradecemos somos impulsionados para frente. Quando reclamamos, ficamos estagnados.

Tenha sempre uma atitude agradecida para enxergar a abundância ilimitada da sua própria vida.

Pequenas coisas:

As coisas pequenas nos parecem assim diminuídas porque ainda não agradecemos.

Os pequenos atos de gentileza que recebemos, nos parecem simples e insignificantes porque ainda não agradecemos.

A gratidão é mesmo a chave para uma vida plena e feliz.

Quando recebemos com mãos agradecidas, estamos prontos para receber mais.

A vida é uma benção, dizemos, e passamos a ter uma vida abençoada.

Somos gratos por tudo que recebemos e assim passamos a receber tudo que almejamos.

A vida pode ser pequena quando o coração ainda não se abriu para a gratidão.

R.S. Beco

1 Comentário

lilas666

about 4 anos ago

Republicou isso em Cosmopolitan Girl.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta