O tempo é o melhor remédio.

O tempo é uma variável inelástica e é uma entidade soberana, não se sujeitando a nada.

Não podemos lutar ou resistir ao tempo, mas podemos contar com sua ajuda para resolver alguns dos nossos problemas.

Deixe o tempo cuidar das coisas também.

Curar feridas leva tempo.

Realizar coisas leva tempo.

Aceitar as coisas leva tempo.

Criar os filhos leva tempo.

Resolver os problemas leva tempo.

Procrastinação:

Não me refiro à procrastinação, empurrar com a barriga ou adiar indefinidamente tarefas importantes.

Seja ativo e compenetrado no que faz, assuma a responsabilidade, mas não tenha tanta pressa, deixe o tempo agir.

Há ocasiões em que o simples passar do tempo melhora bastante as condições do problema.

Sempre dizemos: “deixe a poeira assentar”.

Estamos dizendo que o simples decorrer de um lapso de tempo vai clarear o nosso horizonte, vai acalmar a nossa mente e as soluções podem aparecer.

O tempo ajuda muito:

O tempo aproxima as pessoas, reduz o furor dos conflitos, aumenta a saudade e reforça os relacionamentos.

O tempo é um santo remédio, e devemos levar isso em conta.

Dar tempo ao tempo é deixar que ele atue e ajude na solução dos nossos problemas.

Com o passar do tempo, os incômodos passar a ser irrelevantes, insignificantes, e não é porque nos acostumamos ao desconforto, mas simplesmente porque ganhamos a real noção de proporção.

Gostamos também de colocar a culpa no tempo, injustamente: “não tenho tempo para isso”.

Deveríamos simplesmente dizer: “que não quero fazer isso”.

O tempo pode ser nosso aliado e nosso amigo.

Esteja atento.                                                                                                                                                                                     R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta