O que mais me orgulho de ter feito.

Uma das lições mais poderosas que aprendi, foi percorrer a minha memória e recuperar o momento no qual dediquei o melhor de mim.

Vasculhe sua memória e descreva aquilo que você se orgulha mais de ter feito. Você vai ver que este evento não é materialista, ganancioso ou egoísta.

Esse momento escolhido provavelmente tirou o melhor de você.

Normalmente está relacionado com o seu empenho em resolver um problema enorme, o apoio e ajuda a amigos e familiares em situação de dificuldade, ou mesmo uma atitude e ação altruísta e generosa.

Mantenha esse momento e esse evento sempre vivo na memória, e recorra a ele sempre que se sentir enfraquecido e desanimado. Ele é a lembrança de quanto você é forte e de quanto você pode vencer as adversidades.

Já comentei outro dia, de que mostramos o indestrutível em nós justamente quando somos submetidos à destruição.

Quando maior a barreira a transpor, mais força eu tenho que impor. Quanto mais grave o problema, mais talento, empenho e dedicação eu tenho que colocar.

Por esse motivo, devemos sempre nos fortalecer, conversando conosco mesmo lá naquela ocasião, onde o melhor de nós esteve em ação.

Passe adiante.

Beco

1 Comentário

Rosamaria

about 7 anos ago

Olá Rubens, conheci vc ontem na sala em Brasília. Achei a palestra maravilhosa, e a forma como vc fala, transmite uma calma, que me animou bastante. A Eli foi muito feliz em convidar vc para falar conosco. Obrigada. Espero poder cruzar sempre com pessoas iluminadas como vc. Obrigada mesmo.

Responder

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked