O momento que estamos vivos.

Temos que viver plenamente simplesmente porque estamos vivos.

Você tem apenas um momento para viver, e é exatamente este momento em que você lê este texto.

A vida transcorre a um segundo por segundo, e é neste exato segundo que você executa, age e dá mostra de que está vivo.

Esteja compenetrado no momento presente para poder usufruir a vida como ela merece ser vivida.

A vida é uma benção, já comentei inúmeras vezes, e cheguei a esta conclusão por conta de incontáveis vezes que dei graças simplesmente por estar vivo, apreciando e saboreando o que a vida me oferece.

Reclamando da vida:

Mas não foi sempre assim. Houve momentos que me entretive maldizendo a vida em vários aspectos. Começava praguejando a minha falta de sorte nos negócios, a minha carreira rastejante, a família e os amigos que se distanciaram.

Aprendi com a simplificação da vida, que os momentos mágicos são melhor saboreados quando nos liberamos de tanta poluição material. Não me refiro à poluição ambiental, mas aquela do excesso de opções, a corrida consumista e a maratona sem fim para ter um pouco mais que os outros.

É muita distração sem significado profundo. Ter, parecer, querer, possuir e um número exagerado de verbos para conjugar enquanto corremos na nossa conhecida esteira hedônica.

Simplificar é bom, e fazer menos para apreciar mais também é uma boa recomendação.

Aprecie os momentos que estamos com as pessoas, aproveite cada momento junto com os entes queridos.

Aproveite sempre para conhecer pessoas e estabelecer novas amizades.

Agora:

O momento é este momento, e a oportunidade para aproveitar a vida é agora.

Não devemos inventar desculpas para deixar de viver plenamente.

Não tenho tempo. Não sei se vou gostar. Tenho receio. Quero ficar quieto. Não estou com vontade.

Tenha vontade de viver, e renove essa vontade a cada momento.

Dê a sua contribuição para fazer melhor o lugar onde você está agora, e busque maneira de tornar esse exato momento inesquecível.

Tenha prazer, aprecie e seja verdadeiro consigo próprio.                                      R. S. Beco

1 Comentário

Marina

about 5 anos ago

Oi Beco, como vai? Eu já disse varias vezes mas repito: suas palavras me acalmam, me fazem querer fazer o bem, a gostar mais ainda dessa linda vida...adoro ler suas palavras, me fazem pensar o quanto sou privilegiada e o quanto sou feliz!! Pronta recuperação do seu dedo!!! Grande abraço

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta