O medo de cometer erros.

O medo excessivo de cometer erros pode nos paralisar. Tememos errar, tememos as consequências e acabamos não saindo do lugar. Temos que agir e realizar os nossos sonhos e projetos, a despeito do medo – parte da natureza humana.

Podemos ter absorvido esse medo na nossa educação, pois os pais incutem muito esse medo de errar, e os pequenos acabam assimilando.

O perfeccionismo e a excessiva cobrança, ou mesmo as punições, acabam exacerbando o medo de errar. A paralisação é uma das consequências, sem contar o estresse que acaba nos corroendo, e prejudicando a nossa saúde.

Procrastinação:

A procrastinação, na maioria das vezes por preguiça, pode ainda ser associada ao medo de fazer feio, não atender às próprias expectativas perfeccionistas.

Como nos ensina Martin Antony, professor de psicologia da Ryerson University, em seu livro “When perfect isn’t good enough- Quando perfeito não é suficiente”. Temos que mudar a nossa percepção do que seja cometer erros.

Podemos errar, mas não somos errados. Podemos falhar, mas não somos um fracasso. Cada erro esconde uma lição importante. A vida é aprender com os erros, e seguir adiante, sem se culpar e nem culpar os outros.

Pense sempre em visões alternativas sobre aquilo que pode representar um erro. Olhe o lado positivo, e com isso em mente, o medo pode ser apaziguado, e a ação pode te parecer mais natural.

O futuro é incerto em grande monta, e não conseguimos prever tudo. Sempre damos alguma folga nas nossas expectativas, e a frustração pode nos pegar, mas a vida não acaba aí. Podemos tirar proveito do acontecimento e sair fortalecido, capacitado e emocionalmente intacto.

Analise os pros e contras de se tomar uma atitude, uma decisão, e seja honesto naquilo que pode pegar, o que pode dar errado.

Não faça um cavalo de batalhas de pequenas coisas, releve as coisas insignificantes, e vai se sentir mais liberado para agir.

Se, apesar de todo esforço, o mundo ainda te parecer perigoso, e mesmo um passo pequeno te parecer perigoso, procure um profissional especializado. Você pode estar precisando de ajuda.

Fora, isso, aceite os resultados, mesmo quando estejam aquém do esperado.

Compreenda bem os condicionantes, confie na sua inteligência, e sobretudo, na sua capacidade de aprender com os erros.

R.S. Beco

1 Comentário

Sa_Oli

about 4 anos ago

O medo petrifica e viver com medo é das piores coisas que existe!

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta