O mais viral artigo na Internet

O mais viral artigo na Internet

Luminita Saviuc do blog Purpose Fairy escreveu o mais viral artigo na internet na área do crescimento pessoal, com mais de 1 milhão de compartilhamentos.

O blog de Luminita é incrivelmente acessado e mais de 150 mil pessoas curtiram aquilo que ela escreve no blog. Vale a pena navegar por ele, lendo os artigos e posts, muito relacionado com aquilo que escrevemos no Projetosejafeliz.

O artigo mais viral se refere a 15 coisas que você deve desistir para ser feliz. Aborda os hábitos mais comuns que nos afastam da felicidade. É muito bom ter uma lista para não nos esquecermos das coisas que estamos fazendo errado e que impedem que a felicidade nos encontre com mais frequência.

Na postagem de amanhã vou percorrer todas as 15 coisas resumidamente para que todos possam manter isso à vista.

A lista tem a ver com o medo, a culpa, as desculpas que adoramos inventar e o foco excessivo que colocamos nos outros.

A vida pode ser fácil:

A vida pode ser mais fácil, e navegar por tantas adversidades pode ser facilitado se deixarmos de lado algumas coisas que funcionam como bolas de ferro atadas aos nossos calcanhares.

Lidando com as perdas:

É difícil lidar com as perdas, a dor, o estresse e o sofrimento. Por outro lado, a nossa vida é repleta de coisas boas. São surpresas agradáveis que premiam o esforço que fazemos todos os dias para nos mantermos de pé, altivos e confiantes de que estamos vivendo uma vida que vale a pena.

Luminita compartilha no seu blog a infância difícil, premiada com conflitos e agressões no seio familiar. Elaexplica como ela mesma escolheu tirar lições de todas as adversidades para aprender a ser uma pessoa melhor.

Sabendo e reconhecendo que fazemos muita coisa errada, devemos assumir que não há nada que nos impeça de começar hoje mesmo. Podemos mudar os nossos hábitos e comportamentos para uma vida mais feliz.

Leia na postagem de amanhã a lista completa das 15 coisas para abandonar, e assim ser mais feliz.

Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta