O mais importante – cuide de si mesma

O mais importante – cuide de si mesma

Fazemos tantas coisas na vida, nos preocupamos com a família, o trabalho, e não raro, descuidamos de nós mesmos, da nossa saúde, do nosso equilíbrio, da espiritualidade.

A vida é muita curta para ficarmos vivendo a vida dos outros. É um desperdício de tempo e de energia, focar muito no que os outros pensam, fazem, compram, onde moram, deixando com isso de cuidar daquilo que te interessa, a sua própria vida. Enquanto cuidamos muito da vida dos outros, a nossa vida fica sem piloto. O nosso barco fica à deriva, sem rumo, e vai acabar em algum lugar indesejável.

Saber dos outros é importante porque vivemos em comunidade. Mas a excessiva preocupação com os outros é um indício forte de que não estamos vivendo a nossa própria vida.

Pergunte a si mesma:

-Estou fazendo porque gosto, ou porque os outros gostariam que eu fizesse?

-Eu realmente gosto deste produto, ou vou comprar porque todos estão comprando e usando?

-Estou muito preocupado com o que os outros vão pensar, o que irão falar, como irão me julgar?

Quando caminhamos olhando muito para os lados, para a vida dos outros, acabamos tropeçando nas pedras que aparecem no próprio caminho. Fique atenta ao seu próprio percurso, e não negligencie do mais importante, a sua própria vida.

E o tempo para si mesmo? Qual o tempo que você dedica para refletir sobre as próprias necessidades?

Diz Marianne Legato, médica cardiologista, autora e professora da Univ. de Columbia, que se o seu tempo é totalmente reativo tanto para as pessoas quanto as circunstâncias, a sua mente não consegue repousar nem mesmo quando dorme. A exaustão crônica e o processo hormonal provocam um dano à saúde. Acreditem, isso ajuda a depositar gordura onde você menos deseja, nos pneuzinhos da cintura.

Tenha um tempo tranquilo para si mesma, planejando algo que tenha sonhado fazer há tempos.

Não adie a vida, faça o que julgar importante para você realize e se realize nesta caminhada.                                                                                          Rubens Sakay (Beco)

 

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta