O fundo do poço

O fundo do poço

Ao chegar ao fundo do poço, dê um impulso para subir e respirar ar fresco.

Às vezes nos sentimos como se estivéssemos chegando ao fundo do poço.

A vida nos apresenta constantes desafios, e sem sombra de dúvida, vários deles nos mandam na direção do fundo do poço.

Parece que não é possível piorar – pior impossível.

Se é impossível piorar, a lógica nos diz que é bastante possível melhorar.

Quando chegamos ao fundo do poço, temos que buscar a nossa energia vital e darmos o impulso para subir, alcançar a luz e respirar ar fresco.

Respire fundo, e se dê conta que você nunca está só.

Há sempre uma Força Superior contigo. Quando nos sentimos abandonados, temos que olhar para cima e pedir por alguma luz, que sejamos iluminados para vencer essa situação.

Você é mais forte do que imagina, e busque a sua melhor energia para dar o impulso.

Fundo do poço:

Pense nos momentos onde você já saiu do fundo do poço. Dê a volta por cima.

Se lembre dos amigos que podem te ajudar. Busque ajuda. Não se isole. Se cuide, e não permita que a energia saia pelas frestas da descrença.

Podemos até achar que não há o que fazer, afinal, já chegamos no final. Mas estamos enganados, e a nossa capacidade é maior que os desafios que temos que enfrentar.

Já comentei um ditado antigo: homens são como nozes, o melhor é revelado quando esmagados.

Normalmente quando nos sentimos esgotados, e quase derrotados, aparecemos com um rasgo de energia que aparece de não sei conde.

Temos uma reserva de energia para estas ocasiões. Temos que procurar fundo e lançar mão desse recurso.

Ninguém recebe uma carga maior que a capacidade de carregar. Não há tempo para reclamar. Temos que se encher de coragem e sair desse fundo do poço.

Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta