O frescor da manhã depois da chuva

O frescor da manhã depois da chuva

A chuva tem um significado especial para mim. Moro numa região onde temos duas estações, a da seca e a das chuvas.

Quando chega o tempo da seca, não notamos propriamente, pois o tempo vai secando até ficarmos completamente sem chuvas por quase 6 meses, mas quando chegam as chuvas, impossível não sentir o frescor da manhã depois das primeiras chuvas.

Saio para caminhar logo cedo com minha cadela, e hoje foi particularmente agradável, sentindo a umidade enchendo os pulmões, e a gente não se dá conta da carga de oxigênio até que o ar puro enche os pulmões.

A natureza:

A natureza é realmente pródiga, as flores se revezando, ora são os ipês e agora são os flamboyants, e os pássaros no seu tempo de acasalamento numa cantoria que começa de madrugada. Eu coleto a água da chuva, e hoje em particular, a colheita foi muito produtiva. Sei que a satisfação não é só minha, mas de todo o ambiente que recebeu os muitos milímetros que caíram de noite.

Eu minha cadela passeamos duas vezes por dia apreciando o ritmo da natureza, dos ruídos, da vizinhança, um pouco despreocupados com o mundo em palvorosa, a política e a economia.

Escreveu Santayana:

“a natureza tem uma música para aqueles que querem ouvir, e eu procuro prestar atenção nas nuances da paisagem, mesmo que ela seja da minha vizinhança em particular.”

Quando viajo, mesmo quando estou dirigindo, noto as plantações, as cores do milharal, as bordas das estradas cobertas das miúdas plantinhas do sorgo, e quando os cachos estão granando, imagino a alegria das maritacas se fartando penduradas nos pendões.

A minha mente vai e volta nas preocupações da semana, e procuro respirar fundo e compassado para dar tempo ao coração entrar em harmonia com a minha mente.

O nosso mundo pode estar se complicando em crises e conflitos, mas a natureza nos traz sempre a lembrança da nossa própria natureza, nascer, crescer, florescer, dar frutos e aproveitar da melhor maneira possível o tempo que passamos aqui.

Rubens Sakay (Beco)

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta