O estrago que as pequenas coisas estragadas nos causam

O estrago que as pequenas coisas estragadas nos causam

Muitas vezes, a vida corrida nos deixa cegos para coisas que estão quebradas com as quais nos deparamos todos os dias.

As coisas invariavelmente se quebram, mas devemos nos dar ao trabalho de consertá-las.

Uma lâmpada queimada, uma cadeira descolada, pode parecer coisa miúda, mas nos deparamos com todas essas coisas quebradas diariamente, o que certamente nos incomoda intimamente, sem que notemos.

Aprendi que quando notamos a coisa quebrada todas as vezes que passamos por ela isso nos traz um incômodo, mesmo que num nível imperceptível. Não sabemos que isso nos causa mal, mas isso nos enche de negatividade de forma cumulativa.

Outro dia fiz uma lista dessas coisas e passei a consertá-las uma a uma. Aquilo que não consegui fazer, tomei a providência de tirar da minha visão diária, de modo que não me incomodasse e tirar da vista pode ser o suficiente.

Um exemplo simples. Verifiquei que no lustre da sala de estar, uma lâmpada estava queimada. Como o lustre tinha 3 lâmpadas, isso não prejudicava muito a iluminação, mas me incomodava ver a lâmpada queimada. Troquei a lâmpada queimada.

Pequenas coisas:

Pequenas coisas podem fazer diferença no seu conforto. Uma torneira pingando nos incomoda todas as vezes que notamos que ela está pingando. Deixamos de lado e ela continua pingando, o que imperceptivelmente nos incomoda sempre que percebemos. Ocorre o mesmo com várias coisas. Uma camisa sem o botão, um azulejo descolando, uma mancha na cortina. Faça uma faxina, conserte ou tire das suas vistas o que está quebrado.

O que não tem conserto pode muito bem ser descartado.

Muitos têm o péssimo costume de guardar coisas que não funcionam, nem tem mais serventia, pois não há quem conserte. Se não quiser descartar, junte tudo numa caixa e coloque no fundo armário.

Conserte o que há para ser consertado e se não for possível, não deixe que essa imagem te incomode todo momento. Tire da vista.

Rubens Sakay (Beco)

Botão da Felicidade

SE VOCÊ TIVESSE UM BOTÃO QUE BASTASSE ACIONAR PARA SER FELIZ, VOCÊ APERTARIA?

1 Comentário

Isabel Cristina

about 2 anos ago

Excelente esse alerta. Experimentei isso recentemente. Dá uma sensação ruim de miséria, de descaso... Estranho mesmo. Parabéns pelo texto. Abraço.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta