Novas formas de reagir.

Temos que encontrar novas formas de reagir aos eventos da nossa vida.

Pois a nossa vida não é feita de experiências e sim da maneira com que reagimos às experiências.

Se queremos experiências ricas, temos que enriquecer as nossas reações.

Mas podemos fazer o contrário, tornar a nossa vida miserável carregando na tinta, exagerando nas nossas reações.

Levar para o lado pessoal:

É muito fácil levar as coisas para o lado pessoal, carregar ressentimentos e revirar a vida dos outros procurando culpados.

Fazer tempestade em copo d’água, criar inimizades e atrapalhar a vida dos outros e a própria vida.

As nossas reações comandam a nossa vida.

Pegar mais leve nas nossas reações é uma boa medida.

Pensar bastante antes de reagir com raiva e atropelar os acontecimentos.

O que é que está te irritando?

Será que não é você mesmo?

A autocrítica severa.

O julgamento preconceituoso.

A falta de paciência, serenidade, calma.

O resultado é achar que tudo está perdido quando nada está perdido.

Mente aberta:

Temos que experimentar novas formas de reagir.

Reflita sobre suas reações e os conflitos que você gera para si e para os outros.

Analise o desconforto, os relacionamentos estremecidos e os projetos interrompidos.

Abandone o “bateu levou”.

Respire fundo e experimente pensar antes de reagir.

Examine com honestidade a reação que você está prestes a demonstrar.

Mude, e mude para melhor.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta