Nem todos os sentimentos tristes são ruins ou negativos.

A vida é repleta de altos e baixos. Até as atividades prazerosas podem trazer junto preocupações, irritações e decepções. Nisso está a cor da vida. Saber lidar com essa mudança constante na tonalidade das coisas está a sabedoria de apreciar cada momento quando ele se apresenta.

No fundo são apenas sentimentos ou apenas pensamentos, bons ou maus.

Quanto mais lutamos para nos livrar dos maus, mais eles ficam na nossa mente e no nosso coração.

Já comentei aqui sobre a teoria do urso branco – quanto mais nos dizem para não pensar no urso branco, mais pensamos no urso branco.

Esse é o estudo desenvolvido pelo professor Daniel Wegner da Universidade de  Harvard – White Bear and Unwanted Thoughts. 

Devemos então, apenas aceitar ambos os pensamentos e deixar que os maus não façam morada na nossa mente e os maus sentimentos não façam morada no nosso coração.

Trabalhe a aceitação e deixe ir.

Já comentei um pouco sobre os estudos da Mayo Clinic sobre sentimentos ruins e a prática do perdão.

Quando perdoamos as coisas ruins que se passam conosco, permitimos que elas nos deixem serenamente, de modo que a lembrança venha cada vez mais tênue e inofensiva.

Outro ensinamento que aprendi, é tirar o melhor proveito de uma situação desagradável ou de um problema, qualquer que seja.

Quando tiramos lição de uma situação dramática, é como se transformássemos o caráter de tal situação.

É como se a situação ruim se transformasse numa situação boa.

Isso é um profundo ensinamento para lidarmos com sentimentos tristes e ruins.

Use o poder da transformação.

Beco

1 Comentário

Sofia

about 4 anos ago

Pois sim, mas há situações e situações. Há situações infernais com as quais é muito difícil lidar. Por isso é muito fácil falar. Mas é muito mais difícil lidar com elas.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta