Não!

Uma técnica que aprendi com a Prof. Sonja Lyubomirski da Universidade da Califórnia em seu livro A Ciência da Felicidade para interromper a ruminação.
A ruminação é quando ficamos frequentemente mastigando um assunto, um incidente, uma situação que aconteceu conosco ou que imaginamos que vai acontecer no futuro.
Esse negócio fica na nossa cabeça, e quando sai, volta rapidamente e nos impede de levar a vida com serenidade.

Cotidiano:

As nossas atividades do cotidiano são impactadas por tal comportamento, e as coisas realmente importantes que temos que resolver, são afastadas do nosso discernimento, pois a mente está ocupada ruminando algo inútil.
Lyubomirski recomenda que utilizemos o comando PARE!
Pare instantaneamente de ruminar tal assunto.

Interrompa:

Você pode imaginar um sinal vermelho do semáforo, uma sirene de bombeiro, ou uma voz gritando para você PARE!
Quando a parada imediata acontecer, leve a sua mente para algo concreto que você tem que se entreter, uma questão no trabalho, uma lista de compras, um reparo que tem que fazer no carro ou mesmo uma estante de livros que tem que organizar.
Faça isso quantas vezes for necessário, e veja se consegue reduzir a quantidade e o tempo despendido na ruminação inútil.
A ruminação desgasta fisicamente qualquer um, além de criar e amplificar um problema fictício.
Saia da vida hipotética da ruminação.
Se concentre nos problemas e nas questões reais da vida.

Beco

1 Comentário

Mariana

about 5 anos ago

Adorei! Nao sabia que o que eu sentia tinha nome! Obrigada pelas dicas!

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta