Não seja teimoso.

O que será que acontece conosco que a teimosia nos invade de repente?

Isso realmente é um incômodo nos relacionamentos.

Na relação conjugal isso pode crescer como um muro de Berlin. Mal nos damos conta e já estamos estressados com tanta teimosia.

A intolerância é uma das fontes da teimosia.

A intransigência e o perfeccionismo outros fatores pesados.

Teimosia:

A teimosia não permite que cresçamos, pois não arredamos um pé na direção do aprimoramento.

A teimosia nos mantém com as mãos fechadas, os punhos cerrados, nos impedindo assim de receber qualquer coisa.

Assim como acontece com os punhos, acontece com a mente.

Nos mantemos com a mente fechada para qualquer novo ensinamento.

Os olhos também permanecem vendados para o novo, para os novos caminhos e novos desafios.

Quando nos dizem para pensar fora da caixa, significa que temos que sair do ambiente confortável e seguro para encarar a situação de fora.

Uma prisão:

A teimosia nos aprisiona dentro da caixa.

A teimosia não nos permite ver a luz que iluminaria nossas decisões.

E quando conseguimos uma abertura na caixa para olhar para fora, olhamos numa visão de túnel, com foco muito estreito, sem qualquer clareza do que está ocorrendo em volta.

Isso ocorre quando nos julgamos onipotentes, enfim, o centro do universo.

Nos recusamos a olhar para fora da caixa, e o universo é a nossa caixa, onde reinamos soberano.

Infelizmente é só uma caixa.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta