Não se deixe irritar facilmente.

Cá entre nós, há situações em que as pessoas nos deixam irritados.

Mas não vale à pena gastar a nossa preciosa energia irritados, não raro, por tão pouca coisa.

Respire fundo, conte até dez, mantenha a calma.

Depois disso, analise com serenidade o que pode ter causado tanta irritação.

Há pessoas que ao se sentirem contrariadas escolhem ser rudes, grosserias e irritantes.

Não dá pra consertar os outros, mas podemos muito bem calibrar a nossa reação.

Às vezes o problema está em nós mesmos que nos irritamos com ruídos, movimentos, distrações, e até pelo tom de voz de outra pessoa. Deixe passar, pega leve.Temos que nos acalmar.

Temos que encontrar um pouco de serenidade.

Algumas recomendações que gostei de ter conhecido.

1-Concorde. Às vezes apenas concordar ou mostrar uma expressão facial de concordância já torna a situação menos perturbadora. Lembre-se que em algumas ocasiões, mostrar discordância é pura perda de tempo.

2-Respire fundo, feche os olhos por dois segundos e deixe a calma tomar conta de si.

3-Volte a falar com a outra pessoa quando você estiver mais calma, e se concentre em outra coisa que ela está falando, ao invés daquilo que te contrariou. Funciona.

4-Não rebata com comentários jocosos, irônicos ou sarcásticos. Isso geralmente complica o mal estar.

5-Peça desculpas para ir ao banheiro, de mentirinha, e volte mais arejado.

6-Preste atenção na sua linguagem corporal. Pare de bater com a caneta na mesa ou chacoalhar as pernas.

7-Se for possível, coloque atenção ou mesmo comente algo engraçado referente à situação.

8-Identifique o que realmente está te irritando. No meio de um evento pode não se ter tranqüilidade para tal reflexão, mas sempre é possível fazer isso no intervalo de um café.

9-Quando refletimos sobre o que nos irrita, devemos colocar o foco em eliminar a irritação e não em justificar a irritação – podemos com isso ficar mais irritado.

10-Pense um pouco se a sua irritação não um pouco a sua falta de paciência ou mesmo um entendimento inadequado da situação ou da posição das outras pessoas.

11-Seja mais tolerante. Aceite mais as pessoas como são. Não tente corrigir os outros. Aceite as coisas que você não tem controle.

12-Finalmente – observe quando a irritação está crescendo acima do razoável e você não dá conta de lidar com isso – você pode estar precisando de uma ajuda profissional.

Beco

4 Comentários

Eli Lima

about 6 anos ago

É, me irritei esses dias, apesar de ser bastante ponderada. Passou. Vi que a outra pessoa precisa de ajuda profissional mesmo. Exercitar compaixão por ela trouxe, rapidamente, minha serenidade de volta. Sigo minha caminhada sabendo que posso passar por isso novamente, mas que tenho opção de reagir, comigo mesma, de forma diferente. A somatização da neura alheia cria problemas desnecessários pra gente. Obrigada pela contribuição. Fique bem, meu amigo. Eli.

Responder

Bianca

about 4 anos ago

Obrigada isso vai me ajudar muito. Eu tenho 12 anos e é normal brigas com meu irmão, mas acho que ele precisa de ajuda profissional, pois resolve tudo batendo. :)

Responder

Alfredo Caio

about 4 anos ago

Pois é

Responder

parakletos

about 3 anos ago

Obrigado, sempre.estou muito estressada e nervpsa com td, e muitas vezes s querer eu acabo brigando com meu namorado e dp fico me sentindo culpada.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta