Não precisamos de chicote para fazer o bem.

Parafraseado o autor Michael Dow que escreveu o livro: “Thank God for Evolution (agradeço a Deus pela evolução)”, somos seres naturalmente bons. Não precisamos de um chicote que nos obrigue a fazer o bem. Fazemos o bem naturalmente, e devemos sempre ter em mente e manter o contato com esse ser genuíno e bondoso que há dentro de cada um.

Fazer o bem nos dá uma satisfação enorme, e ao contrário, fazer o mal nos traz um sentimento de culpa e de inadequação. Fazemos o mal e nos sentimos como se algo vital fosse retirado do nosso organismo. Sabemos que nos foi retirado um pouco da virtude da honestidade, da generosidade da capacidade de amar e se dar.

Natural benevolência:

Devemos nos entregar ao instinto natural de benevolência, se deixar ser bom. Se livrando das limitações do preconceito, discriminação e barreiras de toda sorte.

Em ambientes naturais, as pessoas se ajudam, e se sentem bem ajudando.

Alguma coisa acontece nesse mundo competitivo e de personalidades despersonalizadas que o egoísmo acaba encontrando espaço.

Como um organismo fraco que se deixa abater pelos vírus e bactérias, a sociedade debilitada acaba sendo um terreno fértil para as doenças sociais.

Ao nos deixarmos seguir pelo instinto natural de procurar o bem-estar comum, acabamos acreditando que não há mundo melhor que não aquele do bem.

O bem traz o bem:

O bem traz o bem. O bem convida o bem, e devemos abrir o coração para perceber esse fenômeno virtuoso acontecer em cada momento do nosso cotidiano.

Perceba alguém ajudando o outro, alguém sendo gentil com o outro. Preste atenção na alegria que as pessoas demonstram, convivendo em harmonia com todas as pessoas.

Reconheça a alegria de pessoas se ajudando, apoiando um ao outro.

Fazer o bem não é trabalho escravo ou tarefa insalubre, e não precisamos ser forçados a agir com bondade.

Somos humanos, somos evoluídos, e o gene da bondade é a nossa melhor característica.

R.S. Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked