Não pegue carona nos problemas dos outros.

Ajudar os outros é muito importante, mas embarcar nos problemas dos outros é algo que devemos evitar.

Não quero com isso dizer que você deve agir friamente diante do sofrimento alheio.

Mas sinto às vezes que temos uma tendência a seguir de carona nos problemas dos outros. Nem bem alguém conta um problema e eu já me enveredo imaginando que tenho o mesmo problema.

Isso é um efeito contagioso que temos que bloquear.

Contágio:

A pessoa sofre de infidelidade conjugal e já começo a elucubrar o mesmo fenômeno se processando comigo.

Outro sofre de algum mal sério e eu já começo a sentir os mesmos sintomas.

Devemos também evitar o processo inverso, ou seja, levar os nossos problemas para as costas dos outros.

Achar que os outros são culpados pelos nossos problemas, ou empurrar os problemas para os outros, ou mesmo achar que os outros devem resolver os nossos problemas enquanto observamos de camarote.

Ou ainda, ficar procurando problemas nos outros.

As pessoas estão bem, mas você fica levantando a lebre para problemas hipotéticos na vida alheia.

Fofocas:

Outro comportamento recorrente é se utilizar de problemas alheios para enveredar pelo mundo das fofocas.

Pessoas utilizam uma notícia ruim sobre alguém como ingrediente para uma fofoca.

Evite repassar notícia ruim dos outros. Fulano foi traído, perdeu o emprego, faliu. Não use ingrediente envenenado na sua própria comida.

Cada um deve cuidar do seu problema, é afinal de contas, a matéria prima para o seu crescimento.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta