Não faça drama. Seja prático.

O drama é apropriado para o teatro.

Na vida real, a praticidade leva vantagem.

Pagar as dívidas, resolver os problemas, sanar um vazamento de água – tudo isso requer praticidade.

Não fique fazendo um drama em cima de coisas que se resolvem com disposição, atitude e um pouco de inteligência.

Empurrar com a barriga, procrastinar e ficar reclamando dos problemas não vai dar fim no seu desconforto.

Veja as coisas de maneira realista, nem fantasiosa nem catastrófica, apenas do jeito que são.

Respire fundo, tenha calma e preste atenção na solução vindo à tona.

Não saia batendo em todo mundo – vai criar um problema maior para você mesmo, depois que tudo passar.

Não procure alguém para culpar – se concentre na busca da solução para os problemas.

Não procure respostas sofisticadas quando a solução é direta e está bem debaixo do seu nariz.

Traduzo aqui uma postagem antiga do blog de Paulo Coelho.

que você pode ler no original.

 Dizia uma lenda antiga que três viajantes discutiam em como colocar em prática tudo o que haviam aprendido no campo espiritual.

Quando caiu a noite perceberam que tinham para comer apenas um pedaço de pão. Ao invés de discutirem sobre quem deveria comer o pão, resolveram dormir e esperar que um espírito superior indicasse quem deveria ficar com o pedaço de pão.

De manhã, um deles contou o seu sonho onde apareceu um sábio e disse que ele era o escolhido por ter renunciado a muitas coisas e nunca ter perseguido o prazer.

O segundo contou uma história parecida, e no seu sonho, um sábio dizia que pelo seu passado de santidade e o futuro de maestria ele deveria ter o pedaço de pão, para ter energia para liderar o povo.

O terceiro disse que não sonhou nada, não teve nenhuma mensagem. Apenas acordou no meio da noite com fome e comeu o pão.

Quando lhe perguntaram porque não os havia acordado quando tomou a decisão de comer o pão. O terceiro viajante respondeu que não quis incomodá-los, pois estavam tão distantes, acompanhados de mestres e visões celestiais.

No meu caso, disse ele, Deus atuou de maneira direta, me acordou no meio da noite com fome.

É uma boa reflexão não é?

Passe adiante.

Beco

Sem Comentários

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta