Não conte vantagem.

Normalmente quando contamos vantagens é porque queremos olhar as pessoas com ar de superioridade.

Queremos nos colocar por cima.

São no fundo comentários vazios.

Deixam o outro diminuído.

Prejudicam o relacionamento.

Deixam uma imagem de arrogância e prepotência.

É como se jogássemos ovos na própria vidraça., sujando a nossa própria imagem.

Quem conta vantagem é porque está se comparando constantemente com os outros, o que por si só já é um obstáculo à felicidade como já citei em postagem anterior.

Parece um contra-senso, mas quando contamos vantagens, nos sentimos diminuídos. Que trabalho inútil – quanto mais contamos vantagem menor e diminuído nos sentimos.

É preciso trabalhar esse complexo de inferioridade – levantar a auto-estima.

Se comparar com os outros e contar vantagem é certamente uma receita para a infelicidade. O exibicionismo é também um defeito de caráter intimamente ligado ao contar vantagem.

Às vezes estamos lutando para aceitar alguma deficiência pessoal, algum complexo, e inconscientemente passamos a nos valendo do exibicionismo e do contar vantagem, o que no final acaba trabalhado contra o nosso próprio objetivo de melhorar a nossa auto-estima.

Aqueles que contam muita vantagem, não enfrentam seus problemas e suas deficiências, escondendo-os de si próprio.

Uma receita infalível para a infelicidade.

Beco

1 Comentário

Rsico Gomes de lima

about 4 anos ago

Confia no senhor jesus e ele satisfara o desejo do seu coracao nao confie em se propio amem.

Responder

Deixe seu comentário

Please be polite. We appreciate that.
Your email address will not be published and required fields are marked