Não aumente os seus problemas.

Dê a verdadeira dimensão aos seus problemas. Problemas pequenos são pequenos, e na maioria das vezes são pequenos.

Não dramatize. Não aumente o tamanho dos problemas. Deixe-os na proporção exata.

Localize-os no tempo. Não é razoável antecipar muito a preocupação com coisas que podem acontecer lá na frente. Muitas dessas coisas sequer acontecerão.

Não deixar os problemas aumentarem na nossa cabeça é uma questão de disciplina e atitude.

Ao contar os seus problemas para os outros, não amplifique, pois eles acabarão te parecendo maiores do que realmente são.

Não dê uma de mártir porque isso acaba aumentando o problema na sua cabeça.

Pense mais nas soluções e menos no problema e isso vai também minimizar a sua dimensão.

Converse com algum amigo que já resolveu um problema similar e vai ver que os caminhos da solução não são assim tão tortuosos.

Saia da caixa dos problemas. Se enfie na caixa das soluções.

Beco

3 Comentários

Eli Lima

about 7 anos ago

Olá, amigo! Não é muito fácil administrar alguns problemas. Somos condicionados a achar que devemos ter o controle sobre todas as coisas. O estresse nos faz extremistas. Mas isso só ocorre com quem encara os problemas. Entre "erros" e "acertos" podemos reconhecer a caixa de soluções e, com ajuda e força de vontade, entramos nela. O Programa é uma das ferramentas para o início da construção da ponte entre as caixas. Obrigada pela contribuição! Fique bem. Eli.

Responder

Joelson Vellozo Jr.

about 7 anos ago

Perfeito! Perfeito! Entre tudo, a dica de não amplificar o problema ao relatá-lo para os outros, parece-me a mais urgente de ser praticada por muitos de nós, inclusive por eu mesmo! :o)

Responder

Aryadne

about 7 anos ago

Olá Sr. Rubens, A mensagem de hoje era tudo o que eu precisava ouvir para o momento que estou passando. Obrigada.

Responder

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta